Prefácio

Carlos Silveira Noronha, Alfredo de Jesus Dal Molin Flores, Gustavo Castagna Machado, Wagner Silveira Feloniuk, Ana Helena Karnas Hoefel Pamplona, Kenny Sontag, Pedro Prezeres Fraga Pereira, Augusto Sperb Machado

Resumo


 

A revista chega ao número 38 com a publicação do primeiro semestre de 2018. É um número lançado dentro da periodicidade programada e aderindo a todas as normas para as publicações científicas na área do Direito. Mais de uma centena de artigos foram submetidos no edital que antecedeu o número e, após acirrada concorrência, mais um número foi formado e é agora publicado.

Nessa continuidade, os agradecimentos sempre lembrados são aos avaliadores. Centenas de professores e pesquisadores, alguns de outros países, que se dedicam à revista em trabalho voluntário. Eles formam o momento mais relevante para a edição ser possível após a submissão, avaliando o mérito dos artigos nas suas áreas de especialidade. É um apoio necessário e cuja constante realização, por vezes repetida ao longo de diversos anos pelos professores, permite que a revista cumpra suas normas e se mantenha aberta aos melhores trabalhos, reconhecendo-os e permitindo sua indicação para publicação.

Dentre os artigos convidados, temos duas traduções. A primeira do professor alemão de ciência política da Universidade de Frankfurt, Jens Borchert, com trabalho sobre a relação, dentro da teoria democrática contemporânea, entre sistema representativo e elites políticas, seu patamar de autonomia e como isso poderia ser conciliado com o anseio popular por uma democracia mais aberta à participação pública. O segundo artigo é do historiador argentino José María Díaz Couselo e trata de temas importantes para a metodologia da pesquisa na área da História do Direito.

Por fim, o terceiro convidado é o professor Carlos Silveira Noronha, professor aposentado da Faculdade de Direito da UFRGS. O professor tem estado à frente da revista até este momento, mas a publicação é sobretudo uma homenagem a todos os anos anteriores à digitalização, em que ele esteve praticamente sozinho na elaboração de muitas edições, prestando importante papel na continuidade da publicação e à faculdade.

Além dos autores convidados, como ocorre em cada número, foram publicados doze trabalhos recebidos durante o edital público de seleção. Os trabalhos iniciam pela atuação do Supremo Tribunal Federal e por considerações que envolvem Direito e Política em assuntos relevantes e atuais, contribuindo, na área acadêmica, com os temas em questão no Brasil. Além deles, são publicados artigos de Direito Administrativo, Econômico, da Concorrência e do Trabalho, todos considerados relevantes pelos avaliadores e com vieses que trazem contribuições às suas áreas. Por fim, três artigos têm relação com Direito Processual, tanto trazendo assuntos relacionados ao novo Código de Processo Civil, quanto a outras normas que recentemente ingressaram no ordenamento brasileiro e ainda geram questionamentos ou são passíveis de estudos sobre sua aplicação e sucesso.

Os artigos publicados mantêm seu compromisso com a opinião dos avaliadores na escolha dos publicados, a inserção acadêmica de seus autores, a abertura aos diversos temas relevantes e a preocupação geográfica - com obras representando todas as regiões do Brasil.

Desejamos a todos os leitores uma boa leitura, com a expectativa de que as obras contribuam com o cenário acadêmico e com outras pesquisas.  


Palavras-chave


Prefácio

Texto completo:

Versão Virtual (1-2)


DOI: https://doi.org/10.22456/0104-6594.86343

Apontamentos

  • Não há apontamentos.