Aplicativos de Tradução Português-Libras na Educação Bilíngue de Surdos: tradução por meio de sinais ou datilologia?

Ygor Corrêa, Rafael Peduzzi Gomes, Vinicius Gadis Ribeiro

Resumo


Os aplicativos Hand Talk e ProDeaf Móvel, enquanto Tecnologias Assistivas, traduzem conteúdo de Língua Portuguesa (LP) para Língua Brasileira de Sinais (Libras). No entanto, a inserção destes aplicativos no contexto de Educação Bilíngue para surdos tem gerado críticas sobre traduções feitas por meio de datilologia, ou seja, soletração manual do alfabeto da Língua Portuguesa. Esta é uma pesquisa quali- quantitativa, baseada nas literaturas sobre Libras e Aprendizagem Móvel, que investiga a incidência de datilologia, a partir da análise da tradução de 724 termos, extraídos de apostilas para o ensino de Libras. Os resultados evidenciaram maior incidência de datilologia no aplicativo ProDeaf Móvel do que no Hand Talk, todavia, constatou-se a predominância de sinais em Libras. Deste modo, considera-se que os aplicativos podem, em contexto educacional, fomentar a ampliação do conhecimento linguístico em Libras.

Palavras-chave


Educação Bilíngue, Libras, Aplicativos de Tradução.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.86038

Direitos autorais 2018 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br