Integração das tecnologias digitais para exploração e desenvolvimento do raciocínio visuoespacial na aprendizagem de geometria.

Claudiomir Feustler Rodrigues de Siqueira, Jaqueline Molon, Sérgio Roberto Kieling Franco

Resumo


O presente estudo investigou a utilização e exploração do raciocínio visuoespacial, aliado à integração de tecnologias educacionais, para o favorecimento do ensino e aprendizagem de geometria. A partir de uma proposta didática, com a inserção de jogos digitais no meio educacional, foram exploradas diferentes situações de aprendizagem onde os conceitos básicos de geometria euclidiana foram trabalhados com licenciandos em matemática. Na análise dos resultados, constatou-se que aqueles que conseguiram melhor desempenho, apresentavam habilidade visuoespacial mais apurada do que os demais. Dessa forma, focando nos processos cognitivos além dos aspectos didáticos-pedagógicos, com a integração tecnológica, promoveu-se junto aos futuros docentes o potencial que o desenvolvimento do raciocínio visuoespacial pode propiciar.

Palavras-chave


raciocínio visuoespacial; tecnologias digitais; geometria; ensino e aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.86022

Direitos autorais 2018 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br