Modelo de Rede Social Virtual para Inclusão Digital e Social

Yuri Fernando Simões Arce, Fabio Nunes Cerqueira, Hugo Dutra Profirio de Souza, Juliano Schimiguel, Célia Regina da Silva Rocha

Resumo


O rápido avanço da tecnologia na sociedade não só proporciona o auxílio de diversas ferramentas para comunicação e inclusão social, como também cria maior necessidade de presença na mesma, um grande exemplo disso são as redes sociais virtuais que se tornaram parte da rotina de grande parcela da população. Neste contexto, tivemos como objetivo encontrar e apresentar um modelo com interface e usabilidade de forma mais clara, permitindo assim que pessoas com deficiência intelectual se incluam em meios sociais digitais. A metodologia constou da análise das dificuldades, testando a usabilidade de outras redes sociais e posteriormente, a iteração com um modelo de rede social acessível gerada do estudo com um grupo de jovens e adultos deficientes intelectuais, frequentadores de um programa de educação especial. Este estudo, por fim, fornece resultados que comprovam a eficácia de uma interface mais adequada para uso daqueles que não estão acostumados com a quantidade excessiva de informação presente em diversos meios de comunicação hoje em dia.

Palavras-chave


Deficiência Intelectual. Inclusão Social. Rede Social. TICs.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.86004

Direitos autorais 2018 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br