Gênese instrumental e o fenômeno da ubiquidade na formação docente

Débora Valletta, Marcus Basso

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados obtidos na investigação de uma sequência de atividades apoiadas em tecnologias móveis e ubíqua desenvolvida com estudantes de curso de Licenciatura em Pedagogia. Neste estudo pretendeu-se investigar as possibilidades e os desafios gerados na apropriação de ferramentas utilizadas no cotidiano destes futuros pedagogos, ao qual transitam em/entre dois níveis da gênese instrumental pessoal e profissional. Os dados produzidos a partir da análise experiencial dos estudantes com as ferramentas manipuladas na sala de aula foram analisados à luz da gênese instrumental de Rabardel articulados ao contexto da ubiquidade da informação. Os resultados apontam indícios de que os estudantes compreenderam os objetivos de aprendizagem para o uso de tecnologias na sala de aula.

Palavras-chave


gênese instrumental, ubiquidade, formação de professores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.85930

Direitos autorais 2018 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br