Os Jogos Digitais São Realmente Melhores que os Jogos Tradicionais para Ensinar Matemática? Uma Análise sob a Concentração dos Estudantes

Wilk Oliveira dos Santos, Sivaldo Joaquim de Santana

Resumo


Virtualização de jogos é um processo para criação de versões digitais para jogos tradicionais/físicos. Em educação, este processo tem o objetivo de criar versões digitais para jogos educativos tradicionais/físicos, mantendoos princípios pedagógicos e psicopedagógicos da versão tradicional do jogo, associando estes princípios as mecânicas contemporâneas de game design. Apesar disso, um dos principais desafios relacionados à virtualização de jogos educativos é a comparação entre as versões tradicionais e digitais dos jogos, em termos de aprendizagem, engajamento, motivação, entre outros. Neste sentido, este artigo apresenta um estudo realizado com o intuito de comparar os efeitos da versão tradicional com a versão digital de um jogo educativo para o ensino de Matemática. Um experimento do tipo comparativo foi conduzido com 34 estudantes de ensino básico e os principais resultados indicam que não houve diferença estatística significativa entre as versões do jogo.

Palavras-chave


jogos educativos, virtualização de jogos, experimento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.85906

Direitos autorais 2018 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br