Oficinas de Criação De Games Em Etoys com Estudantes de uma Escola Pública: Aprender em Movimento

Bruno Fagundes Sperb, Cleci Maraschin

Resumo


Este artigo traz resultados e análise de dados provindos de dissertação de Mestrado inscrita no contexto das transformações e novas alfabetizações possibilitadas pela cultura digital. Busca contribuir para a compreensão de processos de aprendizagem envolvidos na atividade de programação de jogos em Etoys (software de autoria multimídia desenvolvido em linguagem orientada a objetos). Foram realizadas quatorze Oficinas de construção de jogos em uma escola estadual de Porto Alegre com seis sujeitos de 5º ano do Ensino Fundamental. A análise dos processos de construção de jogos digitais pelos sujeitos é fundamentada em conceitos do campo do estudo da cognição, videogames (Game Studies) e da programação. Através da análise dos dados obtidos, busca-se discutir a aprendizagem envolvida nas estratégias, noções de programação e de jogos na atividade de programar.

Palavras-chave


Etoys; Squeak Etoys; Aprendizagem; Videogames; cultura digital

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.70717

Direitos autorais 2017 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br