Diretrizes de Acessibilidade para Deficientes Visuais no Moodle: Guia para Professores

Edith dos Santos Lemos, Giliane Bernardi, Josiane Pozzatti Dal-Forno

Resumo


A educação, que se pretende democrática, precisa atender a todos os educandos. Para apoiar este processo de inclusão, considerando a utilização de Ambientes Virtuais de Ensino e Aprendizagem (AVEA), diferentes diretrizes de acessibilidade vêm sendo criadas para orientarem a criação de cursos e recursos educacionais virtuais. No entanto, o que se observa é uma carência no que se refere a uma relação mais próxima entre as diretrizes e sua aplicabilidade em tais ambientes. Considerando o AVEA Moodle, este artigo tem como objetivo mostrar a criação de um guia de diretrizes de acessibilidade para apoiar os professores na elaboração de suas disciplinas ou cursos, quando estes necessitarem de auxilio para disponibilizarem materiais para alunos com deficiência visual e apresentá-las em um Objeto de Aprendizagem no Moodle. Após avaliação, foi possível concluir que este recurso pode contribuir para que os docentes tenham facilidade na organização e elaboração de conteúdos educacionais acessíveis.

Palavras-chave


Moodle, Acessibilidade, Objeto de Aprendizagem, Deficiência Visual

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.67327

Direitos autorais 2016 RENOTE



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br