Uma Investigação sobre o Uso de Ferramentas Computacionais no Ensino de Cálculo Integral e Diferencial

Autores

  • Samantha Chang Rodrigues de Paula USS
  • Adriana Maria Balena Tostes USS
  • Gláucia Sabadini Barbosa USS
  • Marco Antônio Pereira Araújo USS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.61394

Palavras-chave:

Metodologia de ensino, software educacional, ensino e aprendizagem, Cálculo Diferencial e Integral.

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de apresentar um planejamento metodológico de uma pesquisa que utilizou como objeto de estudo o uso de software no ensino de Cálculo Diferencial e Integral, uma disciplina que tem sido apontada como emblemática no que diz respeito ao aproveitamento acadêmico dos estudantes do Ensino Superior, comprometendo a regularidade do curso e apresentando grande índice de evasão. Nesse sentido, destacam-se alguns trabalhos pesquisados no que tangencia as fragilidades na aprendizagem de conceitos fundamentais como a função matemática. Diante desse cenário, um estudo experimental foi conduzido utilizando ferramentas computacionais escolhidas a partir de um estudo prévio descrito no trabalho, com um conjunto de alunos no sentido de avaliar a utilização dessas ferramentas, através de análise estatística dos dados coletados durante a pesquisa. A pesquisa permitiu apontar dificuldades e potencialidades tanto no espaço de ensino formal quanto no ambiente computacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

CHANG RODRIGUES DE PAULA, S.; MARIA BALENA TOSTES, A.; SABADINI BARBOSA, G.; ANTÔNIO PEREIRA ARAÚJO, M. Uma Investigação sobre o Uso de Ferramentas Computacionais no Ensino de Cálculo Integral e Diferencial. RENOTE, Porto Alegre, v. 13, n. 2, 2015. DOI: 10.22456/1679-1916.61394. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61394. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

TIC e seus efeitos na configuração das ecologias cognitivas