Estilos de Aprendizagem: vale a pena investir?

Alberto Bastos do Canto Filho, Thaísa Jacintho Müller, José Valdeni de Lima

Resumo


A contribuição deste artigo é uma análise quantitativa comparando estilos de aprendizagem de estudantes de engenharia, na qual constatou-se que não há diferenças entre o estilo dos estudantes que persistem na disciplina de Cálculo Diferencial e Integral I e o estilo dos que desistem. Para a realização da pesquisa, foram analisados, em momentos distintos do semestre letivo, os perfis dos estudantes que estavam cursando a disciplina. Os estudantes que evadiram não participaram da segunda avaliação, o que permitiu a comparação do seu perfil inicial com o perfil dos que persistiram.

Palavras-chave


estilos de aprendizagem, evasão, engenharia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.57601

Direitos autorais



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br