Ambientes de aprendizagem: significado na vida de idosos frequentadores de oficinas de informática

Michele Marinho da Silveira, Josemara de Paula Rocha, Daiana Argenta Kümpel, Lia Mara Wibelinger, Adriano Pasqualotti, Eliane Lucia Colussi

Resumo


O objetivo do presente trabalho é o de buscar compreender o significado que os ambientes de aprendizagem proporcionam na vida do idoso. Tratou-se de um estudo de abordagem quanti-qualitativa, com 39 idosos, pessoas com idade igual ou superior a sessenta anos, que frequentam as oficinas de informática de um grupo de terceira idade do município de Passo Fundo-RS. Os dados quantitativos foram descritos por meio da estatística descritiva. Já os de cunho qualitativo foram analisados por meio do método de análise de conteúdo proposto por Bardin (2010). Com relação aos resultados, constatou-se que os ambientes de aprendizagem proporcionam mudanças positivas na vida desses sujeitos, pois promovem novos conhecimentos, aprendizado, além de provocar sentimentos de felicidade, de sentirse mais realizado melhorando a autoestima e o bem-estar.

Palavras-chave


ambientes de aprendizagem; tecnologias de informação e comunicação; idoso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1679-1916.21975

Direitos autorais



RENOTE - Revista Novas Tecnologias na Educação      ISSN 1679-1916

A RENOTE, possui a nota Qualis B1 (Ensino) e B1 (Interdisciplinar) no Sistema de Avaliação da CAPES.

Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Avenida Paulo Gama, 110 - Anexo III – 3o andar
Porto Alegre, RS, Brasil – CEP: 90040-060

Telefone: (51) 3308-4100
E-mail: renote@cinted.ufrgs.br