Elucidando o desempenho de bancos de dados orientados a grafos e relacionais sobre discos mecânicos e de estado sólido, uma abordagem comparativa

Priscila de Oliveira, Kleber Roberto Stamboni, José Fernando Rodrigues Júnior

Resumo


Banco de dados relacionais definem o modelo dominante do mercado em processamento de dados; no entanto, na segunda década dos anos 2.000 surgiram outros modelos. No contexto do mundo atual em que se dá mais atenção às relações entre pessoas ou coisas, o modelo orientado a grafos pode ser de grande utilidade. Neste trabalho, os desempenhos do banco de dados relacional PostgreSQL e do orientado a grafos Neo4j são comparados com base no tempo de execução. O objetivo é elucidar a respeito das situações nas quais cada modelo é mais apropriado, provendo orientação a usuários e desenvolvedores.

Palavras-chave


Análise Comparativa; Desempenho; Paradigmas de Banco de Dados; Banco de Dados Relacional; Banco de Dados Orientado a Grafos; PostgreSQL; Neo4j

Texto completo:

PDF


A REIC mudou de endereço! Para acessar as edições publicadas e/ou submeter seu artigo, acesse https://sol.sbc.org.br/journals/index.php/reic.