A SEMÂNTICA DO RESULTADO: UMA ANÁLISE DE TERMOS ASSOCIADOS AO LUCRO E AO PREJUÍZO EM COMPANHIAS ABERTAS INDUSTRIAIS BRASILEIRAS

Autores

  • José Francisco Ribeiro Filho Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis e Universidade Federal de Pernambuco - PE / Brasil
  • Jeronymo José Libonati Universidade Federal de Pernambuco - PE / Brasil

Palavras-chave:

Semântica, Resultado, Narrativa, Fatores Internos, Fatores Externos

Resumo

Relatar resultados positivos ou lucro, como sinônimo do sucesso da gestão de uma empresa é algo muito mais atrativo do que o relato de resultados negativos ou prejuízo. Nessa perspectiva o processo de comunicação em contabilidade focaria nas boas notícias e relegaria as más notícias. No entanto, em se tratando de geração e manutenção de confiança entre interlocutores, a omissão ou explicação deficiente, para o usuário, de razões e circunstâncias determinantes do resultado negativo, remete para o enfraquecimento da sintonia do canal de comunicação, redundando em agravamento da assimetria informacional. O objetivo deste trabalho é analisar categorias explicativas para a ocorrência de prejuízos e lucros presentes em Relatórios de Administração de companhias abertas industriais brasileiras. A partir dos dados das Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFP), cataloga-se empresas industriais com 4 (quatro) exercícios financeiros publicados, referentes aos anos de 2001, 2002, 2003 e 2004. Foram analisadas 820 demonstrações e relatórios da administração de 205 empresas.  Os resultados demonstram que a narrativa “fatores internos” prepondera nos relatórios da administração quando o resultado é positivo, quando o resultado é negativo a narrativa “fatores externos” tem a maior freqüência absoluta. Os resultados encontrados, nesta pesquisa, vão ao encontro da literatura estudada. As empresas que obtiveram lucros procuram explicar estes resultados a partir de razões internas, premiando assim as suas ações. Por outro lado, quando os resultados são negativos, as causas são estabelecidas em fatores externos, justificando o seu “pouco” controle no gerenciamento de fatores externos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-04-18

Como Citar

Ribeiro Filho, J. F., & Libonati, J. J. (2013). A SEMÂNTICA DO RESULTADO: UMA ANÁLISE DE TERMOS ASSOCIADOS AO LUCRO E AO PREJUÍZO EM COMPANHIAS ABERTAS INDUSTRIAIS BRASILEIRAS. Revista Eletrônica De Administração, 15(2), 334–348. Recuperado de https://www.seer.ufrgs.br/index.php/read/article/view/39050