“Disciplinando a vida, a começar pela escola”: a militarização das escolas públicas do estado da Bahia

Autores

  • Eliana Povoas Pereira Estrela Brito Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)
  • Marize Pinho Rezende Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Relações Étnico-Raciais - Universidade Federal do Sul da Bahia. http://orcid.org/0000-0001-9715-9082

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol35n32019.95216

Palavras-chave:

militarização, escolas públicas, dispositivos de segurança

Resumo

Este texto objetiva compreender o acelerado crescimento dos processos de militarização das escolas públicas no estado da Bahia. Utiliza conceitos retirados do pensamento foucaultiano e de outros autores contemporâneos que teorizam as relações de poder nas sociedades atuais. Argumenta que a entrada da polícia militar nos cotidianos escolares faz circular um novo tipo de controle que se organiza em torno da gestão da vida e se exerce pelo engendramento de técnicas disciplinares aos dispositivos de segurança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana Povoas Pereira Estrela Brito, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

Mestre e Doutora em educação pela Universidade Federal do rio Grande do Sul. Professora associada do Instituto de humanidades, artes e Ciências, do Campus Sosígenes Costa, da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Atua no ensino, pesquisa e extensão no campo das políticas públicas e formação de professores/as.

Marize Pinho Rezende, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Relações Étnico-Raciais - Universidade Federal do Sul da Bahia.

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Relações Étnico-Raciais - Universidade Federal do Sul da Bahia. Professora da rede pública municipal de Santa Cruz Cabrália - Bahia.

Referências

A TARDE.UOL. SEC reage a críticas sobre modelo de ensino militar. Disponível em https://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1944427-sec-reage-a-criticas-sobre-modelo-de-ensino-militar. Acesso em mai. de 2019.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BAUMAN, Zygmunt. Zygmunt bauman: entrevista sobre a educação. Desafios pedagógicos e modernidade líquida. Entrevista concedida a Alba Porcheddu. Cad. Pesquisa, vol.39, no.137. São Paulo, May/Aug. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742009000200016. Acesso em maio de 2017.

BBC Brasil. Goiás aposta em 'militarização' de escolas para vencer violência. Reportagem BBC Brasil em São Paulo. Disponível em https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/08/140819_salasocial_eleicoes_educacao_escola_militarizada_rm. Acesso em mai. de 2019.

BRASIL. Decreto n. 9465, de 2 de janeiro de 2019. Disponível em http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/57633286 Acesso em 20 jan. 2019

CASTRO, Nicholas Moreira Borges de. “Pedagógico” e “Disciplinar”: O Militarismo como Prática de Governo na Educação Pública do Estado de Goiás. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília. Brasília, 2016. Disponível em http://repositorio.unb.br/handle/10482/22204?mode=full. Acesso em 30 mai. 2019.

DAYRELL, Juarez. A escola “faz” juventudes? Reflexões em torno da socialização juvenil. 2007. Revista Educação e Sociedade, Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, p. 1105 – 1128, out. 2007. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em jul. 2017.

DELEUZE, G. Post-scriptum sobre as sociedades de controle. Conversações: 1972-1990. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992. p. 219-226

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Edições Graal, 2010.

FOUCAULT, Michel. Segurança, Território, População. Curso no Collège de France (1977-1978). Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

IHU ONLINE /IHU. Incertezas fabricadas. Entrevista com Ulrich Beck. São Leopoldo, 22 de Maio De 2006. Disponível em: www.unisinos.br. Acesso em mai. 2019.

LEÃO, Geraldo; DAYRELL, Juarez Tarcísio; REIS, Juliana Batista. Jovens olhares sobre a escola do ensino médio. Cad. Cedes, Campinas, v. 31, n. 84, p. 253-273, maio-ago. 2011 253. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em jul. 2018.

MEC/CONSED/UNDIME. Compromisso Nacional pela educação básica. Disponível em:http://www.brasil.gov.br/noticias/educacao-e-ciencia/2019/07/mec-firma compromisso-para-fortalecer-a-educacao-basica. Acesso em jul. 2019.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. v.4. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2002.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOBRADINHO. Prefeitura de Sobradinho e PM Bahia assinam termo para implantar unidade escolar no Município. Notícia publicada em publicado em 16 de agosto / 2018. Disponível em: http://www.sobradinho.ba.gov.br/noticias. Acesso em mai. 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ CABRÁLIA. Prefeito assina termo de cooperação para implantação de Colégio Militar em Cabrália. Notícia publicada em: 18/setembro de 2018. Disponível em: http://www.cabralia.ba.gov.br/detalhe-da-materia/info/prefeito-assina-termo-de-cooperacao-para-implantacao-de-colegio-militar-em-cabralia/87403. Acesso em mai. 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ CABRÁLIA. Secretaria Municipal de Educação. “DV (DEVÊ): Disciplinando a vida, a começar pela escola. Projeto-piloto desenvolvido em parceria entre Escola, Secretaria Municipal de Educação e Polícia Militar da Bahia. Bahia: Santa Cruz Cabrália, 2018. Material de circulação interna.

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA. COMANDO GERAL. Termo de Acordo de Cooperação Técnica. Celebra a cooperação entre municípios e polícia militar visando à implementação do Sistema de Ensino da Polícia Militar da Bahia. s/d. material datilografado.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VEREDAS. Prefeito comemora parceria com a PM para a educação municipal. Disponível em https://vereda.ba.gov.br/wp/. Acesso em ago. 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRINHA. Educação em Serrinha dá passo à frente com início de gestão compartilhada com a PM no Leobino Ribeiro. Disponível em: http://www.serrinha.ba.gov.br/v2/index.php/servicos/smn-contribuinte/item/1748-educacao-em-serrinha-da-passo-a-frente-com-inicio-de-gestao-compartilhada-com-a-pm-no-leobino-ribeiro. Acesso em mai. de 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARREIRAS. Prefeitura de Barreiras e Polícia Militar da Bahia assinam convênio para gestão compartilhada do Colégio Municipal Eurides Sant´Anna. Disponível em: https://barreiras.ba.gov.br/prefeitura-de-barreiras-e-policia-militar-da-bahia-assinam-convenio-para-gestao-compartilhada-do-colegio-municipal-eurides-santanna/. Acesso em mai. de 2019.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FILADÉLFIA. Prefeito de Filadélfia assina convênio para implantação de Gestão Compartilhada da PM no Ensino Público Municipal Disponível em https://www.filadelfia.ba.gov.br/ver_noticias.php?note=295. Acesso em ago. 2019.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

Pereira Estrela Brito, E. P., & Rezende, M. P. (2019). “Disciplinando a vida, a começar pela escola”: a militarização das escolas públicas do estado da Bahia. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 35(3), 844. https://doi.org/10.21573/vol35n32019.95216

Edição

Seção

Dossiê: Militarização da Escola Pública