Planejamento estratégico na gestão escolar pública: Um estudo na região metropolitana de São Paulo

Renata Hioni, Leandro Campi Prearo

Resumo


Este artigo verifica o nível de incorporação dos conceitos de Planejamento Estratégico pelas Secretarias Municipais de Educação da Região Metropolitana de São Paulo, além de traçar o perfil dos seus gestores. A metodologia utilizada teve ênfase nos aspectos quantitativos de natureza aplicada do tipo descritiva. Foi aplicado questionário estruturado aos Dirigentes de Educação, indicando que o comando é tipicamente feminino e com graduação completa. Evidenciou-se a prática de Planejamento Estratégico com vulnerabilidade nos construtos “Alocação de recursos” e “Monitoramento de desempenho”.


Palavras-chave


Planejamento Estratégico; Profissionalização da Gestão Educacional; Melhoria da Escola Pública

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, N. A. et al. Planejamento governamental para municípios: plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual. São Paulo: Atlas, 2005.

BARCELLOS, Jorge Alberto Soares. Educação e poder legislativo: a contribuição da Câmara Municipal na formulação de políticas públicas de educação no município de Porto Alegre (2001 – 2008). 2012. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

BATEMAN, Thomas S.; SNELL, Scott A. Administração: construindo vantagem competitiva. São Paulo, SP: Atlas, 1998.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 12 jul. 2017.

______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Pradime: Programa de Apoio aos Dirigentes Municipais de Educação. Brasília, DF, 2006. (Caderno de Textos, 3).

______. Ministério da Educação. O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e programas. Brasília, DF, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/livro/livro.pdf. Acesso em: 10 jul. 2017.

______. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação. Brasília, DF, 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13005.htm. Acesso em: 12 jul. 2017.

______. Ministério da Educação. Programa GEM apoiará formação de dirigentes e técnicos municipais. Brasília, DF. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/46901. Acesso em: 10 set. 2018.

CHIAVENATO, Idaiberto; SAPIRO, Arão. Planejamento estratégico. 2. Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

CROZATTI, Jaime. Modelo de gestão cultural organizacional: conceitos e interações. Cad. estud. São Paulo, n.1 8, p. 1-20, ago. 1998. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-92511998000200004. Acesso em: 1º jul. 2017.

DRIVAS, Aimee E. Strategic planning in education: a case study of the Chippewa Falls, WI Area Unified School District. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências de Treinamento e desenvolvimento) – University of Wisconsin-Stout Menomonie, WI, 2006. Disponível em: http://www2.uwstout.edu/content/lib/thesis/2006/2006drivasa.pdf. Acesso em: 20 nov. 2018.

EMPRESA PAULISTA DE PLANEJAMENTO METROPOLITANO SA (EMPLASA). Região metropolitana de São Paulo. Disponível em: https://www.emplasa.sp.gov.br/RMSP. Acesso em: 13 jul. 2017.

GODEARDO, Baqueiro. Métodos de pesquisa pedagógica. São Paulo: Loyola, 1970.

GRACIOSO, Francisco. Planejamento estratégico orientado para o mercado. 3 ed. São Paulo: Atlas, 1996.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (Inep). Diretoria de Estudos Educacionais (Dired). Perfil dos dirigentes municipais de educação 2010. Brasília, DF, 2011.

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. A estratégia em ação: balanced scorecard. São Paulo: Campus, 1997.

LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. Marina de Andrade Marconi, Eva Maria Lakatos. 5 ed. São Paulo: Atlas 2003. v. 1.

LANGLEY, Gerald J. et al. The improvement guide: a practical approach to enhancing organizational performance. San Francisco: Jossey-Bass Business & Management, 2009.

MINTZBERG, Henry. The fall and rise of strategic planning. Harvard Business Review, p. 107-114, jan./feb.1994.

OLIVEIRA, Luciano Pimentel de. A contribuição do planejamento estratégico para a gestão participativa: uma análise a partir da percepção dos dirigentes das escolas estaduais públicas. 2006. Dissertação (Mestrado Profissional) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2006.

OZAKI, Marcos Takao, Elementos do planejamento estratégico na administração pública municipal: um estudo dos municípios da região metropolitana de São Paulo. 2014. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Municipal de São Caetano do Sul, São Caetano do Sul, 2014.

POISTER, Theodore; STREIB, Gregory. Elements of strategic planning and management in municipal government: status after two decades. Public Administration Review, v. 65, n. 1, p. 45-56, 2005.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Gestão em Foco. São Paulo, 2018. Disponível em: https://www.educacao.sp.gov.br/gestaoemfoco. Acesso em: 1º dez. 2018.

SARMENTO, Dirléia Fanfa; MENEGAT, Jardelino; RAMIREZ, Vera Lúcia. Educação de qualidade e gestão pública: a construção do planejamento de uma secretaria de educação. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 31, n. 2, p. 313-333, jan. 2016.

STAMATTO, Maria Inês Sucupira. Um olhar na história: a mulher na escola (Brasil: 1549 – 1910). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. 2., 2002, Natal. Anais [...]. Natal, 2002.

STONER, James A. F.; FREEMAN, R. Edward. Administração. Rio de Janeiro: Prentice-Hall, 1995.

TERENCE, Ana Cláudia Fernandes. Planejamento estratégico como ferramenta de competitividade na pequena empresa: desenvolvimento e avaliação de um roteiro prático para o processo de elaboração do planejamento. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2002.

ZIMMERMANN, Gilberto Costa. Planejamento estratégico: processo de construção que envolve muitas mãos, mentes e corações. 2018. Dissertação (Mestrado em Gestão Educacional) – Unisinos, Porto Alegre, 2018.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol36n22020.94699

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573