Expansão das escolas e colégios militares retoma a lógica da exclusão

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21573/vol35n32019.93780

Palavras-chave:

escola militar, Escola militar Tiradentes, Escola militar Dom Pedro II, Polícia Militar do Mato Grosso.

Resumo

O artigo analisa o processo de expansão das escolas militares, através dos argumentos dos agentes públicos, na perspectiva da pesquisa exploratória de cunho descritivo. Buscou-se conhecer a justificativa para o processo de expansão de tal modelo de escola no Estado de Mato Grosso. Foram realizadas buscas sobre o assunto entre o ano de 2015 e 2018, em jornais de circulação estadual, notícias postadas em sites oficiais: da Educação, da Segurança, da PMMT, do Corpo de Bombeiros Militar e da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso. Usou-se, em sites mato-grossenses, o descritor “escolas militares”.  Para a análise do material aplicou-se a Análise de Conteúdo de Laurence Bardin, que possibilitou a constatação de que a justificativa para a expansão das escolas militares está a qualidade do ensino, que nunca foi prioridade das políticas educacionais do Estado de Mato Grosso. O modelo implantado e sua expansão executa uma política de exclusão dos filhos dos segmentos menos favorecidos da população

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria do Horto Salles Tiellet, PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

Doutorado em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2012), mestrado em Educação Brasileira pela Universidade Federal de Santa Maria (1996) especialista em Pesquisa Educacional pela Universidade Federal de Mato Grosso/Rondonópolis (1993) e graduada em Licenciatura em Filosofia - FFCL Imaculada Conceição agregada à Universidade Federal de Santa Maria (1985). Atualmente professora sênior da Universidade do Estado de Mato Grosso. 

Referências

ALVES, Miriam Fábia;TOSCHI, Mirza Seabra; FERREIRA, Neusa Sousa Rêgo. A expansão dos colégios militares em Goiás in Revista Retratos da Escola. Brasília, v.12, n. 23, p.271-287, jul./dez.,2018. Disponível em <http://www.esforce.org.br> Acesso em 08 abril 2019.

ANDRADE, Thiago.Deputados apresentam proposta de criação de novas escolas militares. Seduc. 06 abril de 2016. Disponível em < http://www2.seduc.mt.gov.br/web/mt/-/3815380-deputados-apresentam-proposta-de-criacao-de-novas-escolas-militares?inheritRedirect=true> Acesso em 08 abril de 2019.

BRANDÃO,Rosane. Expansão da escola militar em MT é discutida durante simpósio. Seduc. 02 abril 2019. Disponível em < http://www.mt.gov.br/web/seduc/-/11544256-expansao-da-escola-militar-em-mt-e-discutida-durante-simposio> Acesso em 06 abril de 2019.

CAFARDO, Renata; JANSEN, Roberta.Estudantes de colégios militares custam três vezes mais ao País. Jornal Estadão. 25 agosto de 2018. Disponível em < https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,estudantes-de-colegio-militar-custam-tres-vezes-mais-ao-pais,70002473230> Acesso em 06 de abril de 2019.

CAMPOREZ, Patrik.Número de escolas públicas “militarizadas” no país cresce sob o pretexto de enquadrar os alunos. Revista Época. 23 de julho de 2018. Disponível em https://epoca.globo.com/numero-de-escolas-publicas-militarizadas-no-pais-cresce-sob-pretexto-de-enquadrar-os-alunos-22904768. Acesso em 17.set., 2018.

DEVAUX, Sílvia.Convênio vai incentivar ações de prevenção à violência nas escolas estaduais. Secom. 9 de out., 2007. Não paginado. Mídia. Notícias. Educação Disponível em: < http://www.secom.mt.gov.br/imprime.php?cid=35763&sid=25> Acesso em:. 11 abril.,2019.

FREITAS,Luiz Carlos de. Militarização da educação cria uma linha direta entre escolas para pobres e prisões. Jornal GGN. 10 de março de 2019. Mídia. Disponível em < https://jornalggn.com.br/artigos/militarizacao-da-educacao-cria-uma-linha-direta-entre-escolas-para-pobres-e-prisoes/> Acesso em 09 abril 2019.

GUND, Eliza. Inaugurada Escola Estadual Militar do Corpo de Bombeiros “Dom Pedro II”. ASCOM. 03 ago.,2018. Não paginado. Mídia. Notícias. Disponível em < www.altafloresta.mt.gov.br/Noticias/Inaugurada-escola-estadual-militar-do-corpo-de-bombeiros--dom-pedro-ii-/> Acesso em 09.abril.,2019.

MATO GROSSO.Lei Complementar n. 8.171, de 22 de julho de 2004.Dispõe sobre a criação da Escola Estadual Dom Pedro II do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso e dá outras providências. SAD.2004. Disponível em <http://www.sad-legislacao.mt.gov.br/Aplicativos/Sad-Legislacao/legislacaosad.nsf/709f9c981a9d9f468425671300482be0/107aa57f4a44ce8604256ee600663c61?OpenDocument> Acesso em 07.04.2019.

MATO GROSSO.Governo anuncia construção de mais um Colégio Militar Tiradentes em Cuiabá. SECOM .31 de julho de 2009. Disponível em < http://www5.sefaz.mt.gov.br/-/governo-anuncia-construcao-de-mais-um-colegio-militar-tiradentes-em-cuiaba>.Acesso em: 17.set.,2018

MATO GROSSO.Lei Complementar n. 386 de 5 de março de 2010. Dispõe sobre a estrutura organizacional básica da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso e dá outras providências. IMPRENSA OFICIAL. 2010a.Disponível em <http://www.iomat.mt.gov.br/imprimir.htm?id=281624&edi_id=2537 Acesso em 07 abril de 2019

MATO GROSSO. Lei Complementar n. 408 de 1 de julho de 2010.Sistema de Ensino da Polícia e do Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Mato. LEGISLATIVO. 2010b. Disponível em < http://www.pm.mt.gov.br/-/7748425-lei-complementar-n-408-de-01-de-julho-de-2010> Acesso em 07 abril de 2019.

PACHECO,Valeria. Colégios públicos com gestão militar chegam a Brasília na era Bolsonaro. AFP. 28 de janeiro de2019. Disponível em < https://www.folhape.com.br/folhape/nwsPrint.aspx?mId=97698 > Acesso em 09 abril 2019.

POLÍCIA MILITAR. Objetivos. Escola Tiradentes. Disponível em < http://www.pm.mt.gov.br/colegio-tiradentes-objetivos > Acesso em 07 abril de 2019.

SALDAÑA, Paulo;CARAZZAI,Estelita Hass;GAMBA, Estevão;TAKAHASHI,Fábio. Escolas militares e colégios civis com mesmo perfil têm desempenho similar. Folha de São Paulo. 18 de fevereiro de 2019. Educação. Disponível em:< https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2019/02/escolas-militares-e-colegios-civis-com-mesmo-perfil-tem-desempenho-similar.shtml> Acesso em: 17 abril,2019

TEIXEIRA,Matheus; CARNEIRO,Luiz Orlando. STF permite cobrança de mensalidade em colégios militares. Blog Jota. 24 de outubro de 2018. Disponível em< https://www.jota.info/stf/do-supremo/stf-permite-cobranca-de-mensalidade-em-colegios-militares-24102018. Acesso em 06 abril de 2019.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

Tiellet, M. do H. S. (2019). Expansão das escolas e colégios militares retoma a lógica da exclusão. Revista Brasileira De Política E Administração Da Educação, 35(3), 806. https://doi.org/10.21573/vol35n32019.93780

Edição

Seção

Dossiê: Militarização da Escola Pública