PAULO FREIRE: GESTÃO DEMOCRÁTICA EM TRÊS FORMAÇÕES

Sonia Maria Portella Kruppa, Silvia Andrade da Silva Telles, Aline Aparecida Angelo

Resumo


O artigo aborda três formações baseadas na gestão democrática de Paulo Freire, a partir da Educação Popular e da extensão universitária: o MOVA-SP, a Licenciatura em Educação do Campo e o Núcleo de Avaliação Institucional da FEUSP. A força e atualidade deste autor estão na gestão participativa, democrática e dialógica de diferentes coletivos em defesa de uma educação libertadora. São relatos que anunciam elementos para políticas alternativas e novas formas de organização da educação. São possibilidades contra hegemônicas a propostas conservadoras de conceber e fazer a gestão do trabalho pedagógico.


Palavras-chave


Educação, gestão democrática, diálogo, movimento social, transformação social

Texto completo:

PDF

Referências


ARDOINO, Jacques; BERGER, Guy. L’évaluation comme interprétation. In POUR, nº 107, 1986, p. 120-27.

BERGER, Guy. A investigação em Educação - Modelos socioepistemológicos e inserção institucional. Educação, Sociedade & Culturas, nº 28, 2009, 175-192.

BEGNAMI, João Batista. Pedagogia da Alternância em movimento. In: Mônica Castagna Molina, Maria de Fátima Almeida Martins [orgs.]. Formação de formadores: reflexões sobre as experiências da licenciatura em educação do campo no Brasil. 1. ed. Belo Horizonte, MG: Autêntica Editora, 2019.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. CULTURA (Movimentos de cultura popular). In: STRECK, Danilo R.; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime José (Org.). Dicionário Paulo Freire. 2 ed., rev. amp. 1. reimp. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

BOGO, Ademar. Mística. In: CALDART et al. (Org.) Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.

CARROLL, Lewis. Aventuras de Alice no país das maravilhas; Através do espelho e o que Alice encontrou por lá. (Trad. por Maria Luiza Xavier de Almeida Borges). Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

____________. Pedagogia do Oprimido. 11. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

____________. A Educação na Cidade. São Paulo: Cortez, 1994.

____________. Política e Educação: ensaios. 5. ed - São Paulo, Cortez, 2001

____________. Alfabetização e Cidadania. Texto publicado na Revista Educação Municipal, ano l, nº l, Junho/1988 – UNDIME – Ação Direta - Cortez Editora - São Paulo, 1988.

____________. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 13. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

FREITAS, Luiz Carlos de. A Reforma Empresarial da Educação - nova direita, velhas ideias. 1 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

FONEC. FÓRUM NACIONAL DA EDUCAÇÃO DO CAMPO. Notas para análise do momento atual da Educação do Campo. In: SEMINÁRIO NACIONAL, Brasília, 2012.

GADOTTI, Moacir. Realidade. In: STRECK, Danilo R.; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime José (Org.). Dicionário Paulo Freire. 2 ed., rev. amp. 1. reimp. Belo Horizonte: Autentica Editora, 2010.

MARTINS, Izabel Cristina; JEZINE, Edineide. Percepção de educação popular na expansão da Educação Superior do Campo. In: SOUSA, José Vieira de; BOTELHO, Arlete de Freitas; GRIBOSKI, Claudia Maffini (Orgs.). Produção do conhecimento e educação do campo na expansão da educação superior. Anápolis-GO: Ed. UEG, 2018.

MOVA-SP (Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos da Cidade de São Paulo). São Paulo. MOVA-SP, Caderno n° 1, Secretaria Municipal de Educação, outubro de 1989.

________. (Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos da Cidade de São Paulo). São Paulo. MOVA-SP, Construindo o Ciclo Ensino Fundamental I, setembro de 1992.

MENDES, Geisa do S. C. V. et al. Autoavaliação como estratégia de resistência à avaliação externa ranqueadora. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 41, n. spe, p. 1283-1298, dez. 2015.

TERRASÊCA, Manuela. Questões Aprofundadas de Avaliação em Educação – Relatório da Disciplina. Porto: FPCE-UP, 2006.

SILVA, Maria do Socorro. Da raiz à flor: produção pedagógica dos movimentos sociais e a escola do campo. In: Molina, Mônica Castagna (Org.). Educação do Campo e Pesquisa: questões para reflexão. – Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2006.




DOI: https://doi.org/10.21573/vol37n22021.113217

INDEXADORES

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação (Brasília, MEC/INEP)
CLASE – Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México, UNAM)
DIADORIM - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals
DRJI - Directory of Research Journals Indexing (Maharashtra, India)
Edubase (SBU/UNICAMP)
LATINDEX - Sistema Regional de Información em Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
Portal de Periódicos da Capes/MEC
Scielo Educ@ - Fundação Carlos Chagas-FCC, São Paulo/Brasil
Science Library Index - Meadow Springs, Mandurah State, Austrália
SUMÁRIOS.ORG - Sumários de Revistas Brasileiras

 

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Política e Administração da Educação,
da Associação Brasileira de Política e Administração da Educação
está licenciada com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/rbpae/index

ISSN versão impressa: 1678-166X
ISSN versão eletrônica: 2447-4193

Prefixo DOI: 10.21573