A Prosa Poética de Kate Chopin: imagens líricas da noite e o descompasso do homem na orquestra de Deus

Rosemary Elza Finatti

Resumo


A proposta de análise dos contos The Night Came Slowly (1894) e A Reflection (1899) de Kate Chopin considera a perspectiva de Lefebve (1980) de que, embora com estruturas distintas, o discurso da poesia e o discurso da narrativa operam do mesmo modo e são capazes da mesma poesia. Intenciona-se mostrar como a prosa poética de Kate Chopin articula imagens líricas e uma linguagem simbólica para tratar de questões metafísicas e atemporais, assinalando o viés de crítica social da autora. Para tanto, a análise será norteada pelos fundamentos teóricos propostos por Massaud Moisés, Octavio Paz, Jean Y. Tadié, entre outros, pelos aspectos simbólicos apontados por Gaston Bachelard e Mircea Eliade bem como por autores que embasam a crítica literária chopiniana.

Palavras-chave: Prosa poética. Kate Chopin. The Night Came Slowly. A Reflection.

 


Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BENDER, Bert. “Kate Chopin’s Lyrical Short Stories” In Studies in Short Fiction. Newberry, S. C. Vol. 11, Ed 3 (Summer1974): 257.

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada: contendo o antigo e o novo testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Rio de Janeiro: Sociedade Bíblica do Brasil, 1966. p. 2545-2546.

BITTENCOURT, Rita Lenira de Freitas. Poesia e ironia: aproximações. In Poesia: passagens e impasses. Florianópolis, v. 6, n. 8/9, p. 1-8 2006. Disponível em https://periodicos.ufsc.br/index.php/nelic/article/view/1576/1309. Acesso em: 16 jan. 2019.

BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Cultrix, 1977.

CHEVALIER, Jean & GHEERBRANT, Alain. Dicionário de Símbolos. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1997.

CHOPIN, Kate. “The Night Came Slowly”. In: SEYERSTED, Per (ed.). The Complete Works of Kate Chopin. Baton Rouge: Louisiana State University Press, 1988, p. 366 (Southern Literary Studies).

______, Kate. “A Reflection”. In: SEYERSTED, Per (ed.). The Complete Works of Kate Chopin. Baton Rouge: Louisiana State University Press, 1988, p. 622 (Southern Literary Studies).

ELIADE, Mircea. Aspectos do mito. Trad. Manuela Torres. Lisboa: Edições 70, 1963.

______, Mircea. O Sagrado e o Profano. Trad. Rogério Fernandes. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

KOLOSKI, Bernard (ed.). Awakenings. The Story of the Kate Chopin Revival. Baton Rouge (LA): Louisiana State University Press, 2009 (Southern Literary Studies).

LEFEBVE, M.-J. Estrutura do discurso da poesia e da narrativa. Trad. José Carlos Seabra Pereira. Coimbra: Almedina, 1980.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. São Paulo: Cultrix, 1974.

PAZ, Octavio. O arco e a Lira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.

PETRY, Alice Hall (ed.). Critical Essays on Kate Chopin. New York: G. K. Hall & Co., 1996 (Critical Essays on American Literature).

RANKIN, Daniel S. Kate Chopin and her Creole Stories. Philadelphia (PA): University of Pennsylvania Press, 1932.

SEYERSTED, Per (ed.). The Complete Works of Kate Chopin. Baton Rouge: Louisiana State University Press, 1988, (Southern Literary Studies).

______, Per. Kate Chopin. A Critical Biography. Baton Rouge (LA): Louisiana State University Press, 1980.

TADIÉ, Jean Y. Le récit poétique. Paris: PUF, 1978. (Introdução: trad. Ana Luiza Camarani, p. 1055-1056).

VALÉRY, Paul. Variedades. Tradução Maiza Martins de Siqueira. São Paulo Iluminuras, 2007.




DOI: https://doi.org/10.22456/2596-0911.93064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

ISSN 2596-0911

 

Contato: revistaphilia@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Avenida Paulo Gama, 110

Bairro Farroupilha, Porto Alegre, RS

CEP 90040-060

 

INDEXADORES | INDEXING