O discurso sobre reprodução entre filosofias e pinturas: de Georges Bataille a Francisco Brennand

Tainá Maívys da Silva Santiago, Natanael Duarte de Azevedo

Resumo


O erotismo, de Georges Bataille a Francisco Brennand, foi assimilado ao processo da reprodução em discursos que inconscientemente, ou não, garantiram à mulher uma função canônica em todas as sociedades. A mulher, tanto na filosofia de Bataille quanto nas pinturas de Brennand, são celebradas por sua função reprodutora e, com isso, essencialmente eróticas. Neste trabalho discutiremos a construção desse discurso e suas implicações, demonstrando como o conceito de violência e erotismo estabelece dependência entre si no pensamento desses dois homens. Com isso, procuramos contribuir para o debate sobre gênero, sexo e sexualidades, aliando aos estudos da área da cultura visual à filosofia.

Palavras-chave: Erotismo. Arte. Filosofia. Gênero. Sexualidade.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Edja Camila Gomes de. O posicionamento de Georges Bataille, Vrissimtz e Freud – mas sempre com os gregos. In: ______, A Sexualidade nas esculturas cerâmicas de Francisco Brennand. (Especialização em Jornalismo Cultural). Departamento de Comunicação Social, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

Autor não identificado. Balthus – Part 2 – Young Girls and controversy. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2018.

BATAILLE, Georges. O erotismo. Trad. Fernando Scheibe. Belo Horizonte: Autêntica editora, 2013.

BOURDIEU, Pierre. A Dominação Masculina. 2º ed. Trad. Maria Helena Kuhner. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.

BRENNAND, Francisco. Documentos do Acervo da Oficina de Cerâmica Francisco Brennand, s/d.

BRODA, Martine. JOUVE. L’age d’homme: Suisse. 1981. Disponível em: Acesso em: 23 fev. 2018.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: A vontade de Saber. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

______. A ordem do discurso. Trad. Laura F. A. Sampaio. São Paulo: Loyola, 1996.

LEAL, Wedyson de Barros; FERRER, Helder. Brennand Desenhos. S/ed. 2004.

POLLOCK, Griselda. Vision and difference: Feminism, femininity and the histories of art. British Library cataloguing, 2003.




DOI: https://doi.org/10.22456/2596-0911.86329

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

ISSN 2596-0911

 

Contato: revistaphilia@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Avenida Paulo Gama, 110

Bairro Farroupilha, Porto Alegre, RS

CEP 90040-060

 

INDEXADORES | INDEXING