Sophie Calle: a imagem no fio de uma perseguição

Fercho Marquéz-Elul

Resumo


Este artigo objetiva a inserção crítica na prática poética da artista contemporânea francesa Sophie Calle, proeminente em uma trajetória que perpassa diversos gêneros artísticos como artes visuais e literatura compreendidos em uma variedade de suportes como fotografia, publicação em livro, instalação, performance. Analisa procedimentos de criação em que estão articuladas imagem fotográfica e verbal em relação a narrativas pessoais. Aporta questões provenientes da inter-relação entre os campos do real e do ficcional, entre visibilidade e vazio, entre deslocamento e perseguição, entre memória e fio. Esse trabalho se estabelece na análise ensaística de suas obras e escritos em articulação com bibliografia pertinente do campo artístico, crítico, filosófico e antropológico, como também, investiga suas estratégias de criação através de novos desdobramentos conceituais e teóricos.

Palavras-chave: Imagem. Fotografia. Escrita. Deslocamento. Fio.

 

Abstract

This article aims the critical insertion in the poetic practice of the French contemporary artist Sophie Calle, prominent in a trajectory that crosses several artistic genres such as Visual Arts and Literature comprised in a variety of supports such as photography, book publishing, installation and performance. It analyzes her creation procedures in which photographic and verbal images are articulated in relation to personal narratives. It raises questions from the interrelationship between the fields of the real and the fictional, between visibility and void, between displacement and shadowing, between memory and thread. This work is established in the essay analysis of her works and writings in conjunction with pertinent bibliography from the artistic, critical, philosophical and anthropological fields, as well as it aims to investigating her creative strategies through new conceptual and theoretical developments.

Keywords: Image. Photography. Writing. Displacement. Thread.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUDRILLARD, Jean. Please Follow Me. In: CALLE, Sophie. Suite Venitienne. Translated by Dany Barash and Danny Hatfield. Seattle: Bay Press, 1988.

BÉNICHOU, Anne. Esses documentos que são também obras... Tradução: Flávio Gonçalves. Revista-Valise, Porto Alegre, ano 3, v. 3, n. 6, p. 171-191, dez. 2013. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/RevistaValise/article/view/44418/28601. Acesso em: 29 jul. 2019.

BOITO, Sofia Rodrigues. Dissolução de fronteiras: a obra performativa de Sophie Calle. Revista Aspas, v. 4, n. 1, p. 62-70, 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/aspas/article/view/75682/pdf_14. Acesso em: 28 jul. 2019.

BOUCHARD, Pascale. Le visible et l'invisible chez Sophie Calle : variations autour du seuil. Université du Québec à Montréal, jan. 2012. Disponível em: https://archipel.uqam.ca/4497/1/M12335.pdf. Acesso em: 28 jul. 2019.

BOUILLIER, Grégoire. O convidado surpresa. Tradução: Paulo Neves. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

BUENO, Arthur. Por um fio. São Paulo: Edições Aurora, 2015.

CALLE, Sophie. Suite Vénitienne. Translated by Dany Barash and Danny Hatfield. Seattle: Bay Press, 1988. Disponível em: http://www.reflexionesmarginales.com/biblioteca/15/Lit/6.pdf. Acesso em: 28 jul. 2019.

CALLE, Sophie. A suivre... (Livre IV). Arles: Actes Sud, 1998.

CALLE, Sophie. Souvenirs de Berlin-Est. Arles: Actes Sud, 1999.

CALLE, Sophie. L’erouv de Jérusalem. Arles: Actes Sud, 2002.

CALLE, Sophie. Le rituel d’anniversaire. (Livre II). Arles: Actes Sud, 1998.

CALLE, Sophie. Histórias reais. Tradução: Hortencia Santos Lencaster. Rio de Janeiro: Agir, 2009.

CALVINO, Italo. As cidades invisíveis. Tradução: Diogo Mainardi. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

CAMART, Cécile. As estratégias editoriais de Sophie Calle. Tradução: Márcia Arbex e Lívia Cristina Lopes Chaves. Pós, Belo Horizonte, v. 5, n. 10, p. 112-129, nov. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15688. Acesso em: 04 ago. 2020.

CANONGIA, Ligia; PERES, Adon. Meias verdades: Demi-vérités. Rio de Janeiro: Oi Futuro, 2009.

COHEN-SOLAL, Luna. “It happened, but it's not real.”: Reality, fiction, and autobiography in the work of Sophie Calle. University of Brighton, BA (Hons) Music and Visual Art, nov. 2013. Disponível em: https://www.scribd.com/document/266413554/Reality-fiction-and-autobiography-in-the-work-of-Sophie-Calle. Acesso em: 03 ago. 2020.

D'ANGELO, Biagio. Suite vénitienne, de Sophie Calle. Viagem autofotobiográfica com sombras, máscaras e mapas de ilusão. FronteiraZ: São Paulo, n. 14, p. 195-206, jul. 2015. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/fronteiraz/article/view/22871/17070. Acesso em: 28 jul. 2019.

DIDI-HUBERMAN, George. Sobre o fio. Tradução: Fernando Scheibe. Florianópolis: Cultura e Barbárie, 2019.

DÉCARIE, Isabelle. Un duel entre la main et l'œil: intensités du rapport texte-image dans certains phototextes de Sophie Calle. Études françaises, v. 42, n. 2, p. 25-45, 2006. Disponível em: https://www.erudit.org/fr/revues/etudfr/2006-v42-n2-etudfr1426/013862ar/. Acesso em: 28 jul. 2019.

FABRIS, Annateresa. Sophie Calle: entre imagens e palavras. ARS, ano 7, n. 14, p. 68-85, 2009. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/ars/article/view/3053/3742. Acesso em: 28 jul. 2019.

FRANÇA, Cláudia. Estratégias para não se perder na cidade. Derivas urbanas de Sophie Calle. Arte & Ensaios, v. XV, p. 84-93, 2008. Disponível em: https://www.ppgav.eba.ufrj.br/wp-content/uploads/2012/01/ae17_claudia_franca.pdf. Acesso em: 28 jul. 2019.

GADAMER, Hans-Georg. A imagem emudecida. Tradução: Paulo Venâncio Filho. Revista Gávea, Rio de Janeiro, n. 6, p. 123-133, 1988. Disponível em: https://issuu.com/rlprod/docs/gavea_6. Acesso em: 03 ago. 2020.

GUERRA, Sílvia. A teia de Sophie. Arte Capital, 2006. Disponível em: http://www.artecapital.net/exposicao-56-sophie-calle-l-erouv-de-jerusalem. Acessado em: 04 ago. 2020.

JUDD, Donald. Objetos específicos. In: COTRIM, Cecília; FERREIRA, Glória (org.). Escritos de artistas: anos 60/70. Tradução: Pedro Süssekind, Flávia Anderson, Fernanda Abreu, Eliana Aguiar e André Telles. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

STIGGER, Veronica. Spider de Louise Bourgeois. Coleção Itaú Cultural, 2018. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=R91K_aX6a60. Acesso em: 19 jun. 2020.

WARBURG, Aby. Ninfa florentina: Fragmentos de um projecto sobre Ninfas. Tradução: Artur Mourão. Lisboa: KKYM, set. 2012. Disponível em: http://www.proymago.pt/Warburg-Txt-3. Acesso em: 28 jul. 2019.




DOI: https://doi.org/10.22456/2596-0911.104534

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

ISSN 2596-0911

 

Contato: revistaphilia@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Avenida Paulo Gama, 110

Bairro Farroupilha, Porto Alegre, RS

CEP 90040-060

 

INDEXADORES | INDEXING