Como construir uma vista?

Carlos Donaduzzi

Resumo


Este é um ensaio visual que tem como objetivo apresentar e discutir a obra “Como construir uma vista”. Realizada através de cianotipia – um processo histórico de impressão fotográfica –, esse trabalho em estrutura de tutorial pretende abordar sobre os efeitos do exagero de imagens que transbordam desde o mundo hiperconectado e que condicionam o ato de ver. A partir das páginas e frases que o compõe, busca-se indicar possíveis soluções para a reconstrução de horizontes perdidos e como perceber o mundo sem a mediação de telas luminosas. 


Texto completo:

PDF

Referências


AUMONT, Jacques. O olho interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac Naify, 2004.

BARTHES, Roland. A Câmera Clara: Nota sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Editora Nova fronteira S.A., 1980.

CALVINO. Ítalo. Os amores difíceis. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

DUNKER, Christian. Reinvenção da intimidade: políticas do sofrimento cotidiano. São Paulo: Ubu editora, 2017. e-book (paginação irregular)

LE BRETON, David. Ficar em silêncio e caminhar são hoje em dia duas formas de resistência política. Instituto Humanitas UNISINOS. Porto Alegre, 24 out. 2017. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/572949-ficar-em-silencio-e-caminhar-sao-hoje-em-dia-duas-formas-de-resistencia-politica Acesso em: 05 dez. 2019.




DOI: https://doi.org/10.22456/2596-0911.100288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

ISSN 2596-0911

 

Contato: revistaphilia@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Avenida Paulo Gama, 110

Bairro Farroupilha, Porto Alegre, RS

CEP 90040-060

 

INDEXADORES | INDEXING