Reverberações simbólicas no Google Trends: uma análise do imaginário na internet

Malena Segura Contrera, Leonardo Souza Torres

Resumo


O texto propõe uma análise dos termos mais pesquisados da plataforma Google nos últimos dez anos, visando mapear, pela ferramenta Google Trends, a irrupção de conteúdos do imaginário na comunicação em rede. Buscou-se uma adaptação da proposta de Mitodologia de Gilbert Durand para se identificar o mito que irrompe na mídia eletrônica. A partir desses dados levantados, propôs-se uma reflexão sobre o Arquétipo de Tânatos e seus desdobramentos simbólicos para a sociedade mediática, questionando acerca do papel dos meios de comunicação e das práticas comunicativas nesse cenário cultural que elege a morte como seu símbolo diretor. Recorreu-se às contribuições da Teoria do Imaginário, Teoria da Comunicação e da Mídia, estabelecendo cruzamentos teóricos que nos forneçam ferramentas cognitivas para pensar a contemporaneidade.


Palavras-chave


Imaginário; Arquétipo; Google Trends; Símbolo; Tânatos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.98924



 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)