Fantasy game e reconfiguração da cultura desportiva: um estudo de caso do Cartola FC

Magnos Cassiano Casagrande, Suélen de Lima Lavarda, Ada Cristina Machado Silveira

Resumo


O artigo registra resultados de uma pesquisa sobre a reconfiguração da cultura desportiva a partir da criação e promoção comercial de fantasy games no futebol brasileiro. Analisa-se a relação existente entre o fantasy game Cartola FC e a forma de torcer de seus usuários torcedores do Campeonato Brasileiro de Futebol. Utilizam-se preceitos metodológicos da análise de conteúdo e dados coletados a partir da aplicação de questionários online. Entende-se que o fantasy game Cartola FC redefine aspectos da cultura futebolística, a forma de torcer, a forma de compreender o jogo. Ao estabelecer uma relação diferenciada com a audiência fideliza torcedores/usuários em favor de uma política esportiva qualificada.


Palavras-chave


Fantasy game; Futebol; Gamificação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.95133



 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)