O ethos de um guerreiro: o testemunho de Reynaldo Gianecchini sobre o câncer

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.93786

Palavras-chave:

Testemunho, Celebridade, Televisão, Câncer, Ethos terapêutico

Resumo

A partir de reconfigurações na produção da subjetividade pela circulação do ethos terapêutico na contemporaneidade, este trabalho analisa a enunciação da entrevista do ator Reynaldo Gianecchini no programa Fantástico, da TV Globo, considerando não apenas o conteúdo textual, mas a forma enunciativa de um testemunho intimista atravessado pelos ideais da superação e de responsabilização de si na retomada da autonomia (da vida) diante da experiência de um processo de tratamento de câncer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Abib, UFRJ

Doutorando em Comunicação e Cultura pela UFRJ

Igor Sacramento, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

Doutor em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ, pesquisador do Laboratório de Pesquisa em Comunicação e Saúde (Laces/Icict/Fiocruz) e professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura (PPGCOM/ECO/UFRJ) e do Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde (PPGICS/Icict/Fiocruz)

Downloads

Publicado

2021-01-04

Como Citar

Abib, R., e I. Sacramento. “O Ethos De Um Guerreiro: O Testemunho De Reynaldo Gianecchini Sobre O câncer”. Intexto, nº 52, janeiro de 2021, p. 93786, doi:10.19132/1807-8583202152.93786.

Edição

Seção

Artigos