O Lyra e o seu Kinetographo: exibições fílmicas no Recife

Autores

  • Felipe Davson Pereira da Silva
  • Alcileide Cabral do Nascimento Docente do Curso de Licenciatura em História e da Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

DOI:

https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.90333

Palavras-chave:

Cinema, Kinetographo, Recife, Lyra, Imprensa

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo analisar algumas exibições cinematográficas realizadas no Recife no final do século XIX. A partir de vestígios que permitiram compreender como ocorreram essas projeções e sua divulgação pela imprensa local. Esta pesquisa teve como um dos principais resultados o estudo sobre um dos pioneiros do cinema na cidade, Francisco Pereira de Lyra, que durante três meses, fez sessões pagas com o Kinetographo, em Recife.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Davson Pereira da Silva

Graduado em História (2015) pela Universidade Federal de Pernambuco. Mestre em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2018). Integra o Núcleo de Estudos Eleitorais, Partidários e da Democracia (NEEPD) da UFPE, vinculado ao Diretório de Grupos de Pesquisa do Brasil Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Participou do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) de 2014 a 2017. Atualmente pesquisa sobre a História do Cinema em Pernambuco, com ênfase em Teoria do Cinema e História do Cinema.

Alcileide Cabral do Nascimento, Docente do Curso de Licenciatura em História e da Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Pós-Doutora pela Universidade Federal Fluminense - UFF (2017), Pós-Doutora pela Unicamp-SP (2011) e Doutora em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2006). Integra o corpo docente do Curso de Licenciatura em História e da Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Publicou A Sorte dos Enjeitados: o combate ao infanticídio e a institucionalização da assistência às crianças abandonadas no Recife (1789-1832), Annablume, 2008; organizou Cultura, Gênero e História, Ed. UFPE,2008 e As Mulheres na Cidade do Recife (1870-1935), Ed UFRPE, 2015. Tem artigos publicados que tratam do abandono de crianças no Recife, das práticas infanticidas, da maternidade, de gênero e dos movimentos feministas no Recife. Os temas de pesquisa atuais: História do Movimento Feminista, Feminismos, Relações de Gênero,Maternidade, Infância e Políticas Públicas para Infância. Coordena o Grupo de Pesquisas e Estudos em Gênero (NUPEGE/UFRPE); integra o Grupo de Estudos em História Social e Cultural (GEHISC/UFRPE), integra o Gt de Relações de Gênero e Gt de Infância e da Juventude/ ANPUH PE.

Downloads

Publicado

2021-05-18

Como Citar

Silva, F. D. P. da, e A. C. do Nascimento. “O Lyra E O Seu Kinetographo: Exibições fílmicas No Recife”. Intexto, nº 52, maio de 2021, p. 90333, doi:10.19132/1807-8583202152.90333.

Edição

Seção

Artigos