Compartilhamento e remixagem: o dilema da apropriação de conteúdos no âmbito da cultura midiática digital

Marcos Antonio Nicolau, Cândida Maria Nobre

Resumo


A criação, publicação e distribuição de obras intelectuais são práticas que surgem como um fenômeno característico da nova cultura midiática digital proporcionada pela Internet. O objetivo deste artigo é fazer uma reflexão sobre o licenciamento de autoria e as práticas de reprodução evidenciadas no âmbito da realidade virtual do ciberespaço. Abordamos o fenômeno da pirataria e os movimentos que surgem como alternativos a esta prática de produção e disseminação de conteúdos. Destacamos a apropriação não autorizada de trechos de obras já existentes com o intuito de desenvolver novos produtos, denominada de remix. Neste caso, observa-se uma possível tensão entre a Indústria Cultural e os remixers, uma vez que os últimos utilizam os produtos culturais sem considerar os direitos de propriedade. Analisamos, por fim, os paradoxos da rede, que perpassam o individual e o coletivo, o libertário e o mercadológico, ambos possíveis a partir de uma dualidade primária: a técnica e o conteúdo.

Palavras-chave


Internet. Cibercultura. Compartilhamento.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)