A relação da linguagem midiática com a teoria da decisão judicial

Artur Cesar de Souza

Resumo


Observa-se que a pesquisa da influência dos meios de comunicação em massa na teoria da decisão não pode se sustentar somente em aspectos pragmáticos ou de pesquisa de campo. Há necessidade de uma análise mais acurada em relação à importância da linguagem nessa relação entre mass media e a teoria da decisão. Como pressuposto incondicional de um estudo transparente e de consistência sobre tal influência, é necessário transitar pela concepção da linguagem, assim como indagar qual a sua efetiva importância na relação entre os meios de comunicação de massa e a teoria da decisão. Utiliza-se, para tanto, da metodologia analítica-crítica, e em especial quanto à força do nível perlocucionário da linguagem midiática. Ao final pretende-se demonstrar a efetiva existência dessa influência na teoria da decisão.


Palavras-chave


Mass Media. Meios de Comunicação. Teoria da decisão. Linguagem perlocucionária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583202152.80322



Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)