Televisão digital interativa e o desafio da usabilidade para a comunicação

Ana Sílvia Lopes Davi Médola, Lauro Henrique de Paiva Teixeira

Resumo


A implantação total do ISDTV - International System for Digital Television está prevista para ocorrer em aproximadamente uma década. Entre as características do modelo adotado destacamos a transmissão terrestre e aberta com recursos de mobilidade, portabilidade e interatividade. A introdução de serviços interativos cria modalidades diferentes na forma de fruição de uma televisão expandida, assim como deve oferecer, num primeiro momento, dificuldades à maior parte da população caso não apresente um elevado grau de usabilidade, conceito fundamental em TV digital interativa e que pode reduzir o tempo de adaptação da população a essa nova linguagem que se configura. Resultante da convergência entre televisão, informática e telecomunicações, a TV interativa deverá promover a inclusão digital conectando o telespectador/usuário ao ciberespaço. Nesse processo, a usabilidade de interface gráfica desempenha importante papel como facilitador da comunicação.

Palavras-chave


Televisão Digital. Interatividade. Usabilidade.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)