Mediação familiar: apropriações, usos midiáticos e socioculturais na telenovela e no bumba meu boi

Lourdes Ana Pereira Silva

Resumo


Este artigo objetiva analisar a constituição das identidades familiares através das relações vivenciadas com o gênero melodramático, exploradas em suas várias dimensões e manifestações, o que inclui a telenovela e o bumba meu boi; tendo como ponto de partida o estudo de uma família em três gerações. O referencial teórico apoia-se nos estudos culturais e nos estudos de recepção. Optou-se pela pesquisa de abordagem qualitativa e trabalhou-se com o método da história oral em seu desdobramento na técnica história de família. Entre outros resultados, destaca-se: a caracterização das práticas culturais evidenciou, na trajetória da família, o contato com as narrativas ficcionais e melodramáticas, isto é, outros modos da família conviver com a novela, com outros formatos que têm por gênero o melodrama; a história de família revelou que a novela (o folhetim, a radionovela e a fotonovela), enquanto tradição popular melodramática antecede à telenovela, isto é, a novela vista na televisão.


Palavras-chave


Identidade. Estudos de recepção. Telenovela. Bumba meu boi. História oral.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583201636.63-83



 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)