Cibercidanania na República Tecnológica: contribuições info-inclusivas dos novos paradigmas transculturais canadenses(Unesp-Bauru/UofTCanadá /CAPES

Ricardo Nicola

Resumo


Como fruto de um trabalho de pesquisa pós-doutoral (Capes, 2006-2007) – realizado no McLuhan Program in Culture and Technology da Universidade de Toronto –, este artigo pretende apresentar algumas das principais contribuições info-inclusivas provindas do fenômeno transcultural da sociedade canadense, na constituição das redes de serviços on-line tanto governamentais como privadas. Tais contribuições auxiliaram, em muito, na tentativa de delinear, o mais próximo e preciso possível, as características essenciais da cibercidadania e, junto dela, traçar um perfil do cibercidadão na contemporaneidade. Para tanto, vislumbrou-se os principais e prováveis ônus e bônus das tecnologias do virtual no exercício da democracia participativa, entre outras condições políticosociais, encaradas como desafios e redescobertas da natureza desterritorializada da Internet, o que culminou na produção e organização do livro Cibercidadania – o que é direito e dever no mundo on-line (versões em inglêse português) com edição prevista para 2008.

Palavras-chave


Internet. Cibercidadania. Sociedade da Informação. Mídias Digitais.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)