HIV/AIDS, globalização e segurança ontológica: desafios comunicativos chave na prevenção do HIV/AIDS

Thomas Tufte

Resumo


Este artigo busca delinear a inter-relação entre o processo de globalização e a disseminação do HIV/AIDS. Para dar conta deste propósito, o artigo parte da hipótese fornecida pelo antropólogo hindu-americano Arjun Appadurai para argumentar que a migração em massa e o desenvolvimento da mídia eletrônica são elementos-chave que contribuem para o crescente sentimento de instabilidade na produção das subjetividades modernas. Denomino esse sentimento de "insegurança ontológica". Desta forma, o artigo argumenta em favor da existência de uma interconexão entre o processo de desenvolvimento global, a disseminação do HIV/AIDS e o sentimento existencial de insegurança ontológica. A partir dessa introdução, o artigo avalia os desafios chave da comunicação e prevenção ao HIV/AIDS dentro do contexto mais amplo da globalização econômica e cultural e explora quais conseqüências as questões listadas acima terão na prática da comunicação relacionada ao HIV/AIDS.

Palavras-chave


Globalização. Segurança Ontológica. HIV/AIDS.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)