Convivência urbana, lugar de fala e construção do sujeito

Vera Regina Veiga França

Resumo


A cidadania, hoje, mais do que um conjunto de deveres e direitos (cívicos, sócio-econômicos e políticos) tem sido pensada na acepção de luta, intervenção política, construção de sujeitos. Nesse sentido, ela encontra uma grande confluência com a problemática da comunicação, do espaço público, da construção do lugar de fala. Entendemos que a luta pela cidadania, que se inscreve num terreno marcado pelas racionalidades típicas das estruturas hegemônicas de poder (das "verticalidades", conforme discussão de M. Santos), depende também das soluções a serem buscadas e construídas localmente - e passam por essa construção de novos lugares de fala, ou espaços públicos periféricos. É este o eixo de nossa reflexão, que tem como objeto de estudo específico a experiência da Rádio Favela - uma rádio criada e desenvolvida por um grupo de moradores de uma favela da cidade de Belo Horizonte, MG, Brasil.

Palavras-chave


Cidadania. Rádio. Espaço público.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)