Análise da recepção vista a partir do modelo de mediação múltipla: algumas questões para o debate

Guilermo Orozco

Resumo


Este artigo é uma aplicação do Modelo de “Mediação Múltipla", tal como vem sendo desenvolvido pelo autor nos últimos 10 anos. O modelo é utilizado como forma de fundamentar uma reconceitualização de diferentes aspectos do processo de recepção televisiva. Na compreensão de Orozco, ela está em constante construção e surge a partir de análises feitas por diferentes pensadores. Sua formulação foi e continuará a ser o resultado de muita reflexividade entre os pressupostos teóricos e epistemológicos existentes (dentro das tradições dos Estudos Culturais e da Pesquisa Crítica de Público) e os dados empíricos, principalmente qualitativos.


Palavras-chave


Mediação múltipla. Processo de recepção televisivo. Televisionamento. Regras sociais. Percepção.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)