As representações do trabalho feminino na telenovela: contribuições para uma análise do gênero teleficcional

Autores

  • Lírian Sifuentes Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Renata Córdova da Silva Universidade Federal de Santa Maria
  • Laura Wottrich Universidade Federal de Santa Maria

Palavras-chave:

Representações Femininas. Codificação/Decodificação. Telenovela.

Resumo

O objetivo do texto é refletir sobre a representação da mulher nas telenovelas a partir da categoria “trabalho”. Propõe-se uma discussão sobre a metodologia de análise, que toma como base a releitura do modelo codificação/ decodificação de Stuart Hall (2003a) realizada por Ronsini et al. (2009). Os resultados demonstram que, apesar de uma relativa valorização do trabalho feminino, as tramas permanecem a retratar a divisão sexual do trabalho a partir do modelo homem-esfera pública/ mulher-esfera privada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lírian Sifuentes, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Comunicação Social pela PUCRS. Mestre em Comunicaçãoe jornalista pela UFSM. Professora de jornalismo da Unochapecó.

Renata Córdova da Silva, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Comunicação e jornalista pela UFSM.

Laura Wottrich, Universidade Federal de Santa Maria

Mestre em Comunicação e publicitária pela UFSM. Professora de comunicação da UFSM.

Downloads

Publicado

2011-12-21

Como Citar

Sifuentes, L., R. C. da Silva, e L. Wottrich. “As representações Do Trabalho Feminino Na Telenovela: Contribuições Para Uma análise Do Gênero Teleficcional”. Intexto, nº 25, dezembro de 2011, p. 216-31, https://www.seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/19817.

Edição

Seção

Artigos