A posição sujeito do ombudsman como estratégia de credibilização do discurso jornalístico

Sabrina Franzoni, Thaís Helena Furtado

Resumo


O artigo parte da ideia de que o jornalista pode ocupar diferentes posições-sujeito dentro de um mesmo espaço discursivo. Elegemos como referência para a compreensão do mapeamento dessas posições-sujeito o blog do ombudsman, vinculado ao site UOL. Adotamos a Análise do Discurso (AD) e a teoria construcionista do jornalismo. A análise apontou que o ombudsman, ao enunciar os “erros”, ao mesmo tempo em que expõe a fragilidade da página, renova o discurso de objetividade do campo jornalístico.


Palavras-chave


Discurso. Posições-sujeito. Credibilidade.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)