Jornalismo: uma profissão em crise?

Fernanda Lima Lopes

Resumo


Muito se ouve sobre a crise que o jornalismo vem passando no final do século passado e início deste. São questões relativas a mercado de trabalho, diploma, novas tecnologias, entre outras. Este artigo procura observar as crises naquilo que elas apresentam em termos de ruptura e continuidade. Nessa perspectiva, aborda alguns pontos de instabilidade para a profissão de jornalista no Brasil, entendendo que o processo de construção da identidade passa por conflitos e transformações.


Palavras-chave


Jornalismo. Crise. Contemporaneidade.

Texto completo:

PDF




 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)