Memes enquanto tecnoimagens: um olhar sob o prisma das teorias de Vilém Flusser

Arthur de Oliveira Rocha, Maria do Socorro Furtado Veloso

Resumo


Os memes são unidades culturais replicantes e virais que se converteram em itens digitais e em gênero midiático, atualmente em profusão na internet. Sua produção, consumo e circulação configuram-se como práticas sociais. Este artigo, que se utiliza de pesquisa bibliográfica, tem como objetivo compreender e discutir o fenômeno dos memes segundo as ideias do filósofo tcheco Vilém Flusser acerca das imagens na pós-modernidade, denominadas por ele de “tecnoimagens” ou “imagens técnicas”. Os memes de internet se apresentam, então, como uma forma de linguagem típica da comunicação pós-moderna e como uma prática da cultura digital inserida no que o autor chama de pós-história.


Palavras-chave


Mídia. Meme. Imagens técnicas. Tecnoimagens. Flusser.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19132/1807-8583202051.242-258



 

Intexto | E-ISSN 1807-8583 | Facebook | Google Scholar 

Classificação Qualis: B1 - Comunicação, Informação, História, Letras/Linguística  | B2 - Psicologia | B3 - Ciência Política e Relações Internacionais, Arquitetura, Urbanismo e Design, Ciências Ambientais, Interdisciplinar | B4 - Sociologia. 

Programa de Pós-graduação em Comunicação | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705 sala 519 - Porto Alegre, RS, Brasil | E-mail: Intexto @ufrgs.br

 

 Membro Associação Brasileira de Editores Científicos 

 Signatária DORA (San Francisco Declaration on Research Assessment)