Educação Latino-Americana em Tempos Globalizados

Autores

  • Nelly P. Stromquist

Palavras-chave:

Globalização. Neoliberalismo. Educação Superior. Educação de adultos.

Resumo

Este artigo oferece um panorama abrangente do impacto da globalização sobre os sistemas de educação, destacando as mudanças – bem como as continuidades– em todos os níveis educacionais, da escola fundamental à universidade. A educação superior tem sido a mais afetada pela globalização, que se refleteno persistente discurso sobre a “sociedade do conhecimento” do século XXI. A América Latina, assim como outras regiões, tem experimentado uma importante expansão na educação superior, principalmente através da oferta do ensino privado,de qualidade irregular. Se, por um lado, a região dá mostras de aumentar aparticipação na educação, por outro, as condições adversas a que estão sujeitas as crianças pobres, indígenas ou afro-descendentes, tanto meninos como meninas,provenientes de zonas rurais, não melhoraram substancialmente com a globalização. Os países do leste asiático estão respondendo de com entusiasmo às possibilidades oferecidas pelas novas forças globalizantes; entretanto, os países da América Latina não têm exibido a mesma determinação para investir em educação pública e, se essa situação não mudar, eles provavelmente perderão terreno na disputa por desenvolver uma população com conhecimentos avançados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

P. STROMQUIST, N. Educação Latino-Americana em Tempos Globalizados. Sociologias, [S. l.], v. 14, n. 29, 2012. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/sociologias/article/view/26320. Acesso em: 28 set. 2022.