Reconfigurations of the social sphere in Brejo da Paraíba in the 21st century: imprints of plantations in Latin America

Autores

  • Patrícia Alves Ramiro Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.1590/15174522-102915

Palavras-chave:

sugarcane agribusiness, Brazilian Northeast, plantations

Resumo

The research project “Reconfigurations of the social sphere in Brejo of Paraíba in the 21st century” looks into the new social arrangements in that region of northeastern Brazil, which stem from the abrupt changes in the context that was prevalent in the early 1990s, which were triggered by the closure of sugarcane processing plants, following the bankruptcy declared by Santa Maria processing plant. Included in a broader debate regarding the imprints left by centuries on social structures organized around export-led plantations in Latin America, this is a collective research project that aims to inquire into different conversion strategies in comparison with the previous position occupied by social actors in the golden period of sugarcane production.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Alves Ramiro, Universidade Federal da Paraíba

Patrícia Alves Ramiro é professora do Departamento de Ciências Sociais e dos Programas de pós-graduação em Sociologia (PPGS) e em Antropologia (PPGA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em sociologia pela UFSCar, tem pós-doutorado em sociologia pelo Centre Européen de Sociologie et de Science Politique (CEESP), na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS). Lidera o grupo de pesquisa “Identidade e Memórias das classes populares rurais e urbanas” (CNPq). É organizadora das coletâneas franco-brasileiras “Antropologia e Turismo” e “Turismo, cultura e meio ambiente”, ambas publicadas em 2019. Áreas de interesse: ruralidades contemporâneas, classes populares, reforma agrária, turismo.

Referências

CORREIA DE ANDRADE, Manuel. A cidade e o campo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1974.

FREYRE, Gilberto. Nordeste: aspectos da influência da cana sobre a vida e a paisagem do Nordeste do Brasil. 6. ed. Rio de Janeiro: Record, 1989.

GARCIA JR., Afrânio. O Sul: caminho do roçado. Brasília: MCT, CNPq, 1989.

GARCIA PARPET, Marie-France. O segundo sexo do comércio: Camponesas e negócio no Nordeste do Brasil. Revista brasileira de Ciências Sociais, n. 19, 1992.

GARCIA PARPET, Marie-France; RAMIRO, Patrícia Alves. La “cachaça” : boisson d’esclave ou boisson d’élite ? Reconversions de “senhores de engenho” do Brejo de l’État de Paraíba au Brésil. Psihologia Sociala, n. 42 II, p. 75-92, 2018.

HEREDIA, Beatriz A. de. Formas de dominação e espaço social: a modernização da agroindústria canavieira em Alagoas. São Paulo: Marco Zero/MCT/CNPq, 1988.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MEDEIROS, Leonilde S. et. al. O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em assentamentos de reforma agrária: implantação, impactos e perspectivas. In: BRASIL – Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. PAA: 10 anos de aquisição de alimentos. Brasília: MDS; Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, 2014. p. 152-181.

MONZOTE, Reinaldo F. From rainforest to cane field in Cuba: an environmental history since 1492. Chapel Hill: The University of North Carolina Press, 2008.

PALMEIRA, Moacir G. S. Casa e trabalho: nota sobre as relações sociais na plantation tradicional. In: WELCH, C. A. et al. (orgs.). Camponeses brasileiros. São Paulo: Editora UNESP/NEAD, 2009. p. 203-215.

PALMEIRA, Moacir G. S. et al. Emprego e mudança sócio-econômica no Nordeste. Anuário Antropológico, n. 76, p. 207-292, 1977.

RAMIRO, Patrícia A., GARCIA PARPET, Marie-France. O valor do lugar: o turismo e a valorização simbólica da cachaça no brejo. In: RAMIRO, Patrícia A. (org.). Antropologia e turismo: coletânea franco-brasileira. João Pessoa: Editora UFPB, 2019a, p. 77-97.

RAMIRO, Patrícia A., GARCIA PARPET, Marie-France. Cachaça! A ressignificação de um produto “genuinamente” brasileiro. Revista Continente, n. 222, jun. 2019b. Disponível em: https://www.revistacontinente.com.br/edicoes/222/cachaca--2

ROGERS, Thomas D. The deepest wounds: a labor and environmental history of sugar in northeast Brazil. Chapel Hill: University of North Carolina Press, 2010.

Downloads

Publicado

2021-08-18

Como Citar

RAMIRO, P. A. Reconfigurations of the social sphere in Brejo da Paraíba in the 21st century: imprints of plantations in Latin America. Sociologias, [S. l.], v. 23, n. 57, p. 460–466, 2021. DOI: 10.1590/15174522-102915. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/sociologias/article/view/102915. Acesso em: 6 out. 2022.