Motivos referidos pelos indivíduos que não estavam em lista de espera para o transplante renal

Autores

  • Juliana Dall’Agnol
  • Eda Schwartz
  • Vanclei Zanin
  • Lílian Moura de Lima Spagnolo
  • Celmira Lange
  • Fernanda Lise

Resumo

Objetivo: Descrever os motivos referidos pelos indivíduos em hemodiálise que não estavam cadastrados em lista de espera para o transplante renal.
Métodos: Estudo transversal realizado no Rio Grande do Sul, Brasil em seis serviços de terapia de substituição renal com 214 indivíduos em hemodiálise que referiram os motivos de não estarem cadastrados em lista de espera para o transplante renal. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário entre março de 2016 e março de 2017. Para a análise estatística descritiva e do teste de independência, utilizou-se o software Stata.
Resultados: Os principais motivos referidos pelos 214 indivíduos que não estavam cadastrados em lista de espera para o transplante renal foram: a falta de informação dos indivíduos, não desejar estar em lista, o impedimento por multimorbidade e a idade.
Conclusões: A falta de informação apresentou associação com as variáveis baixa escolaridade, sexo masculino, ≤ 5 anos de tempo de diagnóstico e ≤ 5 anos em terapia de substituição renal. O motivo não desejar estar em lista esteve associado com as variáveis não saber ler e idade.

Palavras-chave: Transplante de rim. Listas de espera. Diálise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-11-21

Como Citar

1.
Juliana Dall’Agnol, Eda Schwartz, Vanclei Zanin, Lílian Moura de Lima Spagnolo, Celmira Lange, Fernanda Lise. Motivos referidos pelos indivíduos que não estavam em lista de espera para o transplante renal. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 21º de novembro de 2022 [citado 26º de janeiro de 2023];44. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/rgenf/article/view/128591

Edição

Seção

Artigos Originais