Abstração Refletida sobre o Processo de Gênese Instrumental em Geometria Dinâmica: Restrições, Desafios, Novas Possibilidades de Aprendizagem

Autores

  • Margarete Farias Medeiros IFC – CAS/PPGIE – UFRGS
  • Marcus Basso PPGEMAT/IME/UFRGS – PPGIE

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.99527

Palavras-chave:

geometria dinâmica, abstração refletida, gênese instrumental, formação inicial docente.

Resumo

O presente artigo expõe um recorte de uma pesquisa em andamento, de natureza qualitativa e cunho exploratório, no ambiente de geometria dinâmica GeoGebra 3D. Utilizando determinadas restrições que o software apresenta, desafios que nele podem ser criados e possibilidades de ensino e aprendizagem da matemática escolar. A pesquisa, fundamentada no mecanismo da abstração reflexionante e na teoria da gênese instrumental, foi realizada a partir de observações sobre os comportamentos de estudantes em formação inicial de professor de matemática durante a execução de tarefas sobre conceitos de geometria espacial utilizando tal tecnologia. A partir da análise dos dados foi possível concluir que existem fortes indícios de que os sujeitos supracitados submetidos às restrições do ambiente: ultrapassaram os desafios propostos; exploraram as novas possibilidades oportunizadas pelo ambiente dinâmico; e apresentaram tal comportamento indicando a abstração refletida sobre o seu processo de gênese instrumental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

FARIAS MEDEIROS, M.; BASSO, M. Abstração Refletida sobre o Processo de Gênese Instrumental em Geometria Dinâmica: Restrições, Desafios, Novas Possibilidades de Aprendizagem. RENOTE, Porto Alegre, v. 17, n. 3, p. 437–446, 2019. DOI: 10.22456/1679-1916.99527. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/99527. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC