Mapeamento Sistemático sobre Plataformas de Ensino da Língua Japonesa

Autores

  • Karoline Neves Bernardo CI - UFPB
  • Danielle Rousy Dias da Silva CI - UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.99424

Palavras-chave:

Aprendizagem adaptativa, Língua japonesa, Mapeamento sistemático, Software de ensino.

Resumo

Estudar uma segunda ou terceira língua é uma coisa comum nos dias atuais. Algumas pessoas, seja por afinidade com a cultura, oportunidades de emprego ou por querer  aprender  uma  língua  diferente,  escolhem  aprender  a  língua  Japonesa.  Para atender essa demanda que veio crescendo nas últimas décadas, foram desenvolvidos softwares para o ensino de língua, que são opções mais versáteis e mais acessíveis do que as aulas tradicionais. Para desenvolver novos softwares e aplicações, é necessário compreender o estado da arte nesta área. Este trabalho tem como objetivo analisar e compreender o que tem sido desenvolvido nos últimos cinco anos em relação às plataformas computacionais para o aprendizado da língua japonesa. Para atingir este objetivo, foi feito um estudo exploratório através de mapeamento sistemático. Após o processo do mapeamento chegamos à conclusões à respeito do aspecto da língua ensinada, metodologia de ensino, público-alvo, tecnologias utilizadas e presença de adaptação, traçando o panorama geral e identificando áreas a serem exploradas futuramente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

NEVES BERNARDO, K.; ROUSY DIAS DA SILVA, D. Mapeamento Sistemático sobre Plataformas de Ensino da Língua Japonesa. RENOTE, Porto Alegre, v. 17, n. 3, p. 11–20, 2019. DOI: 10.22456/1679-1916.99424. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/99424. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Ambientes virtuais de aprendizagem