Mapas de Trocas Intelectuais: representações para cooperação na educação a distância

Autores

  • Silvana Corbellini UFRGS
  • Maria Luiza Rheingantz Becker UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.99291

Palavras-chave:

Cooperação. Educação a distância. Mapas das Trocas Intelectuais.

Resumo

Este artigo apresenta uma pesquisa sobre a cooperação em um curso de especialização a distância em uma universidade federal. O objetivo da pesquisa foi investigar e analisar como os processos individuais e interindividuais possibilitam a ocorrência da cooperação intelectual entre os discentes. Elegeu-se a teoria de Jean Piaget para a fundamentação, a fim de auxiliar na compreensão do método de cooperação. Para responder ao problema da pesquisa registraram-se as sequências de interações entre os participantes do curso, traçando-se rotas e desenhando-se Mapas das Trocas Intelectuais. Estes mapas se mostraram como instrumentos profícuos para auxiliar no entendimento das dificuldades e potencialidades de cada discente, bem como da totalidade dos integrantes do curso. O desenho dos mapas permite que se identifiquem os interesses dos discentes, os temas que os motivam, as dificuldades que possam estar enfrentando e as possibilidades de novos encaminhamentos no processo de ensino e aprendizagem, potencializando aprendizagens ativas, cooperativas e autônomas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-12-31

Como Citar

CORBELLINI, S.; LUIZA RHEINGANTZ BECKER, M. Mapas de Trocas Intelectuais: representações para cooperação na educação a distância. RENOTE, Porto Alegre, v. 17, n. 3, p. 31–40, 2019. DOI: 10.22456/1679-1916.99291. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/99291. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Aprendizagem Colaborativa Apoiada por Computador