SalaBil: plataforma de ensino bilíngue

Autores

  • Cristina Almeida da Silva IFRS
  • Márcia Häfele Islabão Franco IFRS
  • Fábio Yoshimitsu Okuyama IFRS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.89297

Palavras-chave:

Libras, educação bilíngue de surdos, acessibilidade, tecnologias digitais, letramento digital.

Resumo

Com o intuito de auxiliar o professor na criação de materiais didáticos para uso
com alunos surdos, foi criada a plataforma educacional intitulada SalaBil. A mesma é composta por uma área onde o professor planeja e monta suas aulas e uma área onde o aluno realiza as atividades propostas. Essas podem ser: textos, imagens, jogos de memória, jogos de ligar e questionários. Os diferenciais da plataforma são o dicionário, o compartilhamento e a reutilização de materiais didáticos. Foi feita uma parceria com uma escola especial de surdos em Porto Alegre, que auxiliou desde o planejamento das funcionalidades da plataforma até a implantação. A metodologia utilizada foi a pesquisa aplicada. Foram realizadas capacitações no SalaBil onde os professores criaram materiais e aplicaram com seus alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-28

Como Citar

ALMEIDA DA SILVA, C.; HÄFELE ISLABÃO FRANCO, M.; YOSHIMITSU OKUYAMA, F. SalaBil: plataforma de ensino bilíngue. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 170–179, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.89297. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/89297. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Informática na Educação Especial