Avaliando a Formação de Professores no Contexto do Pensamento Computacional

Autores

  • Taiser T. T. Barros PPGIE - Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Av. Paulo Gama, 110 Anexo III - 3o andar – Porto Alegre/RS CEP: 90040060 EEP SENAI Carlos Tannhauser Av. Gaspar Bartholomay 350, Santa Cruz do Sul/RS CEP: 96850000
  • Eliseo Berni Reategui PPGIE - Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Av. Paulo Gama, 110 Anexo III - 3o andar – Porto Alegre/RS CEP: 90040060
  • Ricardo Radaelli Meira Instituto Federal Farroupilha Unidade Cruz Alta – Cruz Alta, RS – Brazil
  • Adriano Canabarro Teixeira PPG em Educação/PPGEdu Universidade de Passo Fundo – Passo Fundo, RS – Brazil

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.89274

Palavras-chave:

Avaliando, Formação de Professores, Pensamento Computacional

Resumo

Este artigo descreve a implementação de um programa de formação de professores oferecida `a rede municipal de ensino de um município do estado do Rio Grande do Sul. Um total de 49 professores participaram da formação que trouxe conceitos relacionados ao Pensamento Computacional utilizando como ferramenta de implementação o Scratch. Uma análise do desempenho dos professores na utilização do Scratch dentro das 7 dimensões do Pensamento Computacional foi realizada utilizando a ferramenta Dr. Scratch. As impressões dos professores com relação `a formação foram analisadas através das análises de conteúdo com processo de codificação. Os resultados obtidos sugerem determinada resistência por parte dos professores em integrar atividades relacionadas ao pensamento computacional em seus encargos e práticas de ensino correntes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-28

Como Citar

T. T. BARROS, T.; BERNI REATEGUI, E.; RADAELLI MEIRA, R.; CANABARRO TEIXEIRA, A. Avaliando a Formação de Professores no Contexto do Pensamento Computacional. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 2, p. 556–565, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.89274. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/89274. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC