DOCÊNCIA EM AMBIENTE DIGITAL IMERSIVO: NA PERSPECTIVA DO PROFESSOR

Autores

  • Marcelo Pedroso da Roza PPGE, IFFarroupilha/UFSM
  • Adriana Moreira da Rocha Veiga PPGE, UFSM
  • Jiani Cardoso da Roza PPGE, IFFarroupilha/UFSM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.86054

Palavras-chave:

Ambiência Imersiva Educacional, Formação Docente, Ensino Imersivo

Resumo

Este artigo aborda os caminhos da docência em Ambiente Digital Imersivo (ADI) tendo como objetivo principal analisar de que modo se constituem os processos de auto(trans)formação docente na aprendizagem da docência virtual mediada por ADI. Com enfoque qualitativo, foi realizada uma experiência em sala de aula, em Imersão com a utilização do OpenSim. Neste experimento os professores foram encorajados a aplicar um mix de metodologias composto pela Investigação Formação de Maciel (2015) e os Círculos Dialógicos Investigativo Formativos proposto Henz (2015). Deste modo, essa pesquisa contribui no sentido de: mostrar que o processo de auto(trans)formação docente também se estabelece em um ADI ao determinar quais elementos constituem a ambiência pedagógica no mundo digital imersivo, gerar discussões em torno de como o professor efetiva a relação entre os saberes pedagógicos e tecnológicos na ambiência pedagógica digital e relatar as experiências vivenciadas pelos professores em situação de ensino/aprendizagem na ambiência pedagógica digital. Como resultados destacamos: a consolidação de uma metodologia hibrida denominada como Mash Investigativo Formativo e a trajetória de auto(trans)formação dos docentes envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

PEDROSO DA ROZA, M.; MOREIRA DA ROCHA VEIGA, A.; CARDOSO DA ROZA, J. DOCÊNCIA EM AMBIENTE DIGITAL IMERSIVO: NA PERSPECTIVA DO PROFESSOR. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.86054. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/86054. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Ambientes virtuais de aprendizagem