Sala de Aula Invertida - Uma Experiência no Ensino-Aprendizagem de Programação para Administração de Redes de Computadores

Autores

  • Silmar Antonio Buchner de Oliveira MPET/IFAM
  • Andréa Pereira Mendonça MPET/IFAM

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.86020

Palavras-chave:

Ensino híbrido, Sala de aula invertida, Redes de computadores, Programação.

Resumo

Neste artigo relatamos o planejamento e execução de uma proposta de ensino- aprendizagem de programação para administração de redes de computadores no modelo de sala de aula invertida, destinada a estudantes de Cursos Superiores de Tecnologia. A proposta pauta-se na resolução de problemas práticos, envolvendo automatização de soluções para monitoramento de equipamentos de redes e ações de usuários, análise de logs, sincronismos de dados e emissão automática de mensagens de alertas, implementados na linguagem de programação Python. Os resultados obtidos evidenciaram progresso dos estudantes, mas também a necessidade de ajustes na produção de conteúdos de nivelamento em conceitos básicos de redes e de programação. Toda a experiência com o modelo e os recursos utilizados serão compilados em um guia para utilização por outros professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

ANTONIO BUCHNER DE OLIVEIRA, S.; PEREIRA MENDONÇA, A. Sala de Aula Invertida - Uma Experiência no Ensino-Aprendizagem de Programação para Administração de Redes de Computadores. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.86020. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/86020. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Tecnologia na educação