Desenvolvimento do Pensamento Espacial com a Geometria da Tartaruga

Autores

  • Márcia Rodrigues Notare PPGEMat/UFRGS
  • Marcus Vinicius de Azevedo Basso PPGEMat/PPGIE/UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.85933

Palavras-chave:

Linguagem LOGO, pensamento espacial, representação espacial, epistemologia do espaço

Resumo

Neste trabalho se discute o desenvolvimento do pensamento espacial de estudantes de matemática em processo de elaboração de programas no ambiente Logo com base na epistemologia do espaço de Jean Piaget. No estudo foram analisados programas que contemplam o uso de comandos que acionam uma terceira dimensão e possibilitam representações de resoluções gráficas de três dimensões na representação bidimensional da tela do computador. De caráter qualitativo exploratório, os resultados do estudo apontam que a atividade de programação em Logo mobilizaram estratégias envolvendo abstrações reflexionantes e pseudoempíricas, as quais ampliam as possibilidades de raciocínio espacial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-21

Como Citar

RODRIGUES NOTARE, M.; VINICIUS DE AZEVEDO BASSO, M. Desenvolvimento do Pensamento Espacial com a Geometria da Tartaruga. RENOTE, Porto Alegre, v. 16, n. 1, 2018. DOI: 10.22456/1679-1916.85933. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/85933. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Teorias de Aprendizagem