A MODELAGEM MATEMÁTICA COMO METODOLOGIA PARA O ENSINO E A APRENDIZAGEM DOS FRACTAIS

Autores

  • Marcelo Fabricio Chociai Komar UNICENTRO
  • Dionísio Burak PPGEN/UNICENTRO
  • Elaine Maria dos Santos PPGEN/UNICENTRO
  • Márcio André Martins PPGEN/UNICENTRO

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.79262

Palavras-chave:

Educação Matemática, Modelagem Matemática, Interdisciplinaridade.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo relatar uma atividade de modelagem
matemática a partir do tema escolhido pelos estudantes, Fractais. Participaram dessa atividade um grupo com quatro estudantes da Educação Básica, 9º ano do Ensino Fundamental, no ano de 2016. Esta investigação é concebida na perspectiva qualitativa/interpretativa, com delineamento na perspectiva de Lüdke e André (1986). O tratamento dos dados segue a perspectiva de Bogdan e Biklen (1994). A linha de pesquisa em Modelagem Matemática segue os passos sugeridos por Burak (1987, 1992, 1998), Klüber e Burak (2008), para a utilização da Modelagem Matemática na perspectiva da Educação Matemática. Os resultados analisados apontam para uma melhor qualidade do ensino quando ocorre a interação e a reciprocidade entre as disciplinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-27

Como Citar

FABRICIO CHOCIAI KOMAR, M.; BURAK, D.; MARIA DOS SANTOS, E.; ANDRÉ MARTINS, M. A MODELAGEM MATEMÁTICA COMO METODOLOGIA PARA O ENSINO E A APRENDIZAGEM DOS FRACTAIS. RENOTE, Porto Alegre, v. 15, n. 2, 2017. DOI: 10.22456/1679-1916.79262. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/79262. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Teorias educacionais aplicadas à TIC