Desafios na Arte se Ensinar Inclusiva: A Relação Professor e Intérprete na Inclusão do Surdo

Autores

  • Simone Erbs da Costa UDESC
  • Indianara A. de Souza UDESC
  • Délio Delcio Augusto Hofelmann UDESC
  • Fabiola Sucupira Ferreira Sell UDESC
  • Carla Diacui Medeiros Berkenbrock UDESC

DOI:

https://doi.org/10.22456/1679-1916.70647

Palavras-chave:

inclusão social, educação inclusiva, aluno surdo, ambiente acadêmico, educador, intérprete.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo discutir os obstáculos que o
aluno surdo enfrenta nos espaços educacionais, bem como compreender as dificuldades existentes na interação entre professor e intérprete nesses ambientes. Um novo olhar nesse cenário se faz necessário assim como transformações na forma em que os conteúdos são apresentados e nas relações entre surdo, escola e educadores. Nessa pesquisa são analisadas as contribuições das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para apoiar a aprendizagem dos alunos surdos. A partir das pesquisas realizadas na literatura e dos dados coletados em entrevistas e questionários com professores e intérpretes também são sugeridas ações e posturas destinadas aos educadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-29

Como Citar

ERBS DA COSTA, S.; A. DE SOUZA, I.; DELCIO AUGUSTO HOFELMANN, D.; SUCUPIRA FERREIRA SELL, F.; DIACUI MEDEIROS BERKENBROCK, C. Desafios na Arte se Ensinar Inclusiva: A Relação Professor e Intérprete na Inclusão do Surdo. RENOTE, Porto Alegre, v. 14, n. 2, 2016. DOI: 10.22456/1679-1916.70647. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/70647. Acesso em: 28 jun. 2022.